As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Delegado acusado de matar advogado em casa de shows de Manaus é visto em liberdade no TRE

Na manhã desta terça-feira (12), o delegado Gustavo Sotero, preso acusado de matar o advogado Wilson Justo Filho, em uma casa de shows em Manaus em 2017, foi visto em liberdade na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). As informações foram divulgadas pelo G1 Amazonas.

Imagens enviadas pela defesa da família da vítima, mostram o acusado sozinho e tranquilo. O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), informa que não autorizou a saída e investiga o caso.

Já a defesa de Sotero informou que o delegado compareceu ao TRE-AM para atualizar o domicílio eleitoral. Em nota ao G1 da Globo, a defesa informou que Sotero foi ao local escoltado por policiais. Os advogados informam que possuem documentos que comprovam as afirmações.

Entenda o caso

No dia 25 de novembro de 2017, em uma casa de festas no bairro São Jorge, Zona Oeste, durante uma discussão, o delegado matou o advogado e feriu outras três pessoas, com tiros de pistola calibre 40: Fabíola Rodrigues Pinto de Oliveira (esposa de Wilson) e os amigos Maurício Carvalho Rocha e Yuri José Paiva Dácio de Souza são as outras vítimas, segundo as autoridades.

Gustavo Sotero foi preso em flagrante e no mesmo dia, a prisão foi convertida para preventiva, após uma audiência de custódia. Ele é acusado de homicídio triplamente

você pode gostar também