O deputado estadual Adjuto Afonso (PP) ressaltou nesta sexta-feira (6) na plenária da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) os investimentos a serem direcionados, principalmente para o interior do Estado, por meio da Federação das indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e Governo do Amazonas, apresentados na noite de ontem (5), durante a primeira reunião deste ano do setor empresarial do Amazonas. O deputado reafirmou que não adianta prorrogar a Zona Franca de Manaus se não existir outro projeto alternativo de geração de renda para o interior.

“Quem já foi prefeito do interior sabe da necessidade que nós temos de um outro projeto alternativo para o interior do Estado, e eu vejo neste governo uma determinação para melhorar a vida do homem do interior. Nós, da Assembleia, por meio dos deputados presentes no evento que tiveram a oportunidade de se posicionar, também falaram da nossa disposição de acompanhar esse trabalho junto à Federação das Indústrias, junto àquelas pessoas que precisam de melhoria no interior do Estado”, disse o deputado.

Ele entende que com a Zona Franca houve uma acomodação por parte de todos, tendo em vista que se contava com o Pólo Industrial produzindo riqueza para distribuir. Porém o que se destacou na reunião é a concentração de renda na capital em detrimento ao interior. “É importante que essa Casa também faça a sua parte, que acompanhe e participe das reuniões da Federação da Indústria para que a gente possa ter conhecimento e acompanhar as ações do governo”, disse ele.

O deputado finalizou dizendo não ter dúvida de que é preciso construir um novo projeto econômico para o Estado do Amazonas e que esse projeto passe pelo interior do Estado. “O projeto que o governo pretende fazer e que essa Casa tem a obrigação de acompanhar é justamente no setor primário. Nós temos aí várias alternativas de cultura no interior que a gente precisa avançar”, encerrou o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here