Take a fresh look at your lifestyle.

Deputado do partido de Marina Silva protocola pedido de impeachment contra Bolsonaro

A justificativa para o afastamento do mandato é a alegação, sem apresentar provas, que as eleições de 2018 foram fraudadas

-publicidade-

O deputado federal Leandro Grass, da Rede, partido de Marina Silva, protocolou nesta terça-feira (17), na Câmara dos Deputados, um pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro. O presidente está sendo acusado de crime de responsabilidade.

Para Grass, “o afastamento do mandato se justifica por alegar, sem apresentar provas, que as eleições de 2018 foram fraudadas; convocar e apoiar manifestações do dia 15 de março de i2020, que tinha como alvo os poderes Legislativo e Judiciário, mesmo havendo recomendações de órgãos de saúde para que não houvesse aglomerações, por conta do coronavírus; declarações indecorosas contra jornalista; determinação de comemoração do Golpe Militar de 1964, um indicativo gravíssimo de ameaça à democracia; entre outros”.

“Desde que sentou na cadeira da Presidência da República, em janeiro de 2019, Bolsonaro vem praticando uma série de atos incompatíveis com o decoro que o cargo que ele ocupa exige. O país hoje está em crise econômica, estamos passando por uma crise mundial de saúde e ele ignorando os protocolos e colocando a população em risco. O Brasil não tem condições de superar essas crises com Jair Bolsonaro na presidência. Ou ele, ou o povo”, afirmou o parlamentar. Por Gazeta Brasil

-publicidade-