Amazonas Notícias

Deputado Sinésio Campos defende ministro Flávio Dino contra acusações de associação ao crime organizado

Na Assembleia Legislativa do Amazonas, o deputado Sinésio Campos, líder do Partido dos Trabalhadores (PT) e presidente estadual do partido, usou a tribuna na sessão plenária de terça-feira, 14 de novembro, para defender o Ministro da Justiça, Flávio Dino, de acusações que ele considerou infundadas e covardes.

Campos reagiu às notícias veiculadas pela imprensa nacional sobre a visita de Luciane Farias ao Ministério da Justiça. Farias, esposa de um conhecido traficante apelidado de Tio Patinhas, foi recebida por assessores do ministério durante uma agenda liderada pela ex-deputada Janira Rocha (PSOL), que abordava temas de Direitos Humanos e também visitou o Congresso Nacional. Os partidos de oposição ao governo Lula interpretaram essa visita como uma suposta evidência de envolvimento do governo com o crime organizado.

Sinésio Campos destacou que Flávio Dino não se encontrou com Farias e que a visita dela fazia parte de uma agenda mais ampla relacionada aos Direitos Humanos. Ele classificou as acusações contra o ministro como um ataque covarde e sem fundamento.

Além disso, o deputado mencionou que, após esse episódio, o Ministério da Justiça adotou critérios mais rigorosos para visitantes. Uma portaria publicada na segunda-feira, 13 de novembro, estabelece que qualquer pessoa que tenha uma reunião ou audiência no ministério deve comunicar, com 48 horas de antecedência, os nomes e CPFs de todos os participantes e acompanhantes.

Essa defesa de Campos visa esclarecer a situação e reiterar a integridade do Ministro da Justiça frente às acusações apresentadas pela oposição.

Relacioandos