Take a fresh look at your lifestyle.

Deputados da oposição entram com representação no TCE sobre o “caso Nair Blair”

-publicidade-

Nesta terça-feira, 10 de março, a deputada estadual Alessandra Campêlo (PCdoB) e os deputados José Ricardo Wendling (PT) e Luiz Castro (PPS) entraram com representação no Tribunal de Contas do Estado (TCE) pedindo uma auditoria urgente no contrato firmado entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública e a Agência Nacional de Segurança e Defesa, no valor de R$ 1 milhão. O caso veio à tona no programa “Fantástico” do último domingo.

A representação do bloco da oposição pede esclarecimentos nos seguintes pontos: se houve procedimento licitatório para a contratação do serviço; a demonstração da efetiva execução dos serviços contratados; o valor do serviço contratado, comparando-o com a média do mesmo serviço em outros Estados que sediaram os jogos da Copa; e o recurso financeiro empreendido para a execução dos serviços, considerando que o mesmo só foi desembolsado pelo Estado após a realização da Copa.

O pedido requer, ainda, a aplicação das medidas cabíveis para responsabilizar os agentes públicos causadores de possíveis danos ao erário, se constatado.

CONVOCAÇÃO
Na Assembleia, os deputados Alessandra Campêlo, José Ricardo, Luiz Castro, Vicente Lopes e Francisco Souza apresentaram em conjunto um requerimento à Mesa Diretora solicitando a convocação do coronel Dan Câmara, secretário extraordinário de Grandes Eventos, do coronel Paulo Roberto Vital, ex-secretário de Segurança, e de Sérgio Fontes, atual secretário de Segurança, para prestarem esclarecimentos sobre o caso.

-publicidade-