A competição começa nesta sexta-feira, 8, e é o primeiro desafio da modalidade na temporada 2019. Ao todo, 241 atletas participam desta etapa que é considerada a mais forte de todas da Copa do Mundo de halterofilismo

Começa nesta sexta-feira, 8, a Copa do Mundo de halterofilismo, etapa de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A competição conta com 241 atletas inscritos de 39 países. As disputas seguem até terça-feira, 12. A Copa do Mundo de Dubai é uma das mais tradicionais competições da modalidade, por se tratar de uma das mais prestigiadas pelas potências internacionais do halterofilismo, como Nigéria e Egito, que juntos subiram 19 vezes aos Jogos Paralímpicos do Rio. Ambas os países prometem comparecer com força máxima neste final de semana.

Já o Brasil será representado por 17 atletas, entre eles o medalhista paralímpico nos Jogos Rio 2016, o baiano Evânio Rodrigues (na categoria até 88kg), e a recordista continental e Mundial na categoria júnior (até 20 anos), a paulista Mariana D’Andrea (até 67kg), de 20 anos. Este é o primeiro desafio da equipe nacional nesta temporada, que tem grandes eventos como o Campeonato Mundial, em julho, no Cazaquistão, e os Jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru, em agosto.

A competição terá transmissão ao vivo pelo Facebook do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

“Esta é a etapa mais forte da Copa do Mundo, tradicionalmente, com potências da modalidade. É a que mais se aproxima mais do Mundial. É a oportunidade de os atletas somarem pontos nos rankings mundiais e paralímpico, e MQS (índice mínimo qualificatório) ou até melhorar a marca”, disse Felipe Dias, coordenador técnico do halterofilismo CPB.

Para garantir vaga nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, além da participação no Campeonato Regional das Américas, na Colômbia, em dezembro do ano passado, os atletas precisam figurar entre os quatro primeiros do ranking continental no masculino, e até o segundo lugar no feminino, ambos por categoria de peso corporal.

No fim do ano passado, o Brasil foi bicampeão do Campeonato Regional das Américas, na Colômbia, com 26 medalhas, competição obrigatória para conquista de vaga nos Jogos Parapan-Americanos.

Programação dos brasileiros na Copa do Mundo de Dubai

08/02 (Sexta-feira): Maria Rizonaide (-41 kg), Lara de Lima (-41 kg), João Maria França (-49 kg), Lucas Manoel (-49 kg) e Bruno Carra (-54 kg) e Marco Gabriel (-54 kg).
09/02 (Sábado): Maria Luzineide (-50 kg) e Heleno Victor (-65 kg).
10/02 (Domingo): Mariana D’Andrea (-67 kg), Ezequiel Correa (-72 kg) e Vinícius de Freitas (-80 kg).
11/02 (Segunda-feira): Evânio da Silva (-88 kg) e João Pedro Santos (-88 kg).
12/02 (Terça-feira): Maria Rita de Oliveira (-86 kg), Tayana Medeiros (-86 kg), Márcia de Menezes (+86 kg) e Mateus Silva (-107 kg)