As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Dia do Beijo serve de alerta para cuidados com a saúde bucal

Apesar de comum no dia a dia, o ato pode transmitir doenças como herpes e até caxumba

Comemorado neste sábado (13), o Dia do Beijo é uma data que simboliza o carinho, afeto e amor e pode oferecer benefícios para a saúde. “Durante um beijo, queimam-se algumas calorias e o nosso sistema imunológico pode ser fortalecido. Beijar também faz com que nosso organismo libere hormônios como a ocitocina, que é o nosso antidepressivo natural, e combate alguns sintomas, como o estresse, ansiedade e angustia, além de liberarmos a endorfina que é um hormônio responsável pela diminuição de dor”, ressalta a dentista Luciana Gonçalves Valente Ferreira, que atua na Unidade Básica de Saúde (UBS) Alto Ipiranga, em Mogi das Cruzes (SP), gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar.

Mas é importante alguns alertas para evitar males indesejáveis. Algumas doenças são causadas por bactérias, vírus e fungos que se multiplicam por meio da saliva. Muitas dessas enfermidades podem ser transmitidas durante o beijo, algumas conhecidas e comuns, como herpes e mononucleose, até outras mais surpreendentes, como catapora e caxumba (veja na lista abaixo). “A boca é um meio transmissor de doenças, por isso, a saúde bucal e a prevenção são importantes. Além disso, quanto antes forem notados sintomas na região bucal, mais eficaz é o tratamento”, explica a dentista Luciana.

Uma rotina de higiene bucal, com a escovação de forma correta e uso de fio dental, além de consultas regulares ao dentista, são algumas das dicas para um beijo saudável. Abaixo algumas doenças e seus sintomas que podem ser transmitidas pelo beijo:

Mononucleose: Também conhecida como “doença do beijo”. Os sintomas geralmente são mal-estar, dor no corpo, febre, dor de garganta e fadiga;

Herpes: São lesões na pele, geralmente na região dos lábios, com pequenas bolhas que antes podem ocorrer coceira e ardor no local;

Candidíase: Também conhecida como “sapinho”. Pode aparecer placas esbranquiçadas ou avermelhadas na região da língua, bochecha e amígdalas;

Sífilis: Também pode ser transmitida pelo beijo, apenas se a pessoa possuir qualquer ferida na região da boca. Surge uma ferida pequena e se não for tratada pode evoluir para um caso mais grave trazendo sérias consequências cerebrais e cardíacas;

Caxumba: Pode causar febre, dor de cabeça, dor no corpo e inchaço na região da mandíbula;

Catapora: Surgem pequenas bolhas na pele, que vão se espalhando pelo corpo que podem agravar e se tornarem feridas. Além disso, pode surgir dor no corpo, febre e cansaço;

Gripe: Ocorre febre acima dos 38ºC, dor de cabeça, calafrios e suores, congestão nasal, músculos doloridos, fraqueza, dor de garganta e tosse seca persistente;

Resfriado: Causa febre, espirros, congestão nasal, coriza e garganta irritada;

É importante procurar um médico caso apresente qualquer um dos sintomas mencionados acima. Um sistema imunológico fortalecido consegue combater esses organismos que são os causadores de doenças.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma das maiores entidades de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Fundada em 1967, como Associação Monlevade de Serviços Sociais, em João Monlevade (MG), a Pró-Saúde é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos. Tem sob sua responsabilidade 2.500 leitos e o trabalho de cerca de 16 mil profissionais, sendo 2,9 mil médicos, além de reunir um dos maiores quadros de administradores hospitalares do Brasil, contribuindo para a humanização do atendimento hospitalar, em especial do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com excelência técnica e credibilidade nacional, é uma entidade qualificada como Organização Social de Saúde (OSS) que oferece uma gama de serviços em benefício da vida. A atuação na área de administração hospitalar tornou a entidade amplamente reconhecida no setor, permitindo que a Pró-Saúde ofereça a mesma qualidade em assessoria e consultoria, planejamento estratégico, capacitação profissional, diagnósticos hospitalares e de saúde pública, gestão de serviços de ensino e muitos outros. A entidade faz a gestão de quatro Centros de Educação Infantil, em São Paulo, cidade em que também fica localizada a sua Sede Administrativa.

você pode gostar também