As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Diabetes: doença crônica e silenciosa

No dia 26 de junho comemora-se o Dia Nacional do Diabetes

Pé diabético, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, retinopatia, nefropatia, neuropatia, entre outras, são complicações que podem surgir se o diabetes não for tratado de forma adequada. No dia 26 de junho, comemora-se o Dia Nacional do Diabetes, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e educação sobre a doença. Uma pesquisa do Ministério da Saúde indicou que entre 2006 e 2016 foi registrado um aumento de 61,8% nos casos de diabetes no país. Em paralelo, o número de casos de obesidade cresceu 60%.

O diabetes é uma doença crônica e silenciosa, com a qual a pessoa deverá conviver durante a vida toda, podendo causar inúmeras complicações ao longo de seu desenvolvimento, comprometendo a qualidade de vida do paciente. Especialistas ressaltam que o aumento da incidência da doença deve-se a vários fatores, entre eles a falta de cuidados com a saúde, estilo de vida cada vez mais acelerado, e baixa atenção com a alimentação.

De acordo com Henrique Eloy, médico especialista em cirurgia, endoscopia bariátrica e gastroenterologia, o sobrepeso e a obesidade também são fatores de risco para o desenvolvimento do diabetes. “ O diabetes tipo 1 é mais comum em pessoas com idade abaixo dos 35 anos, já o tipo 2 acontece por resistência à ação da insulina, sendo que a obesidade é uma das principais responsáveis”, diz.

Para os pacientes portadores de obesidade associada a diabetes, o tratamento é fundamental para o controle da doença. A perda de peso nesses pacientes pode ser tanto através de dietas, atividades físicas ou mesmo procedimentos endoscópicos, como o balão intragástrico, sutura endoscópica e cirurgias. “A indicação cirúrgica é de suma importância para que haja um bom controle a longo prazo do diabetes. Tanto é necessária que já existe uma orientação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, para que possam ser indicados para a cirurgia bariátrica, aqueles pacientes que apresentam obesidade leve associada ao diabetes, dado o grande benefício que a intervenção cirúrgica resulta para o controle da doença”, ressalta Henrique Eloy.

O diabetes não pode ser dissociado de outras doenças glandulares. Além da obesidade, outros distúrbios metabólicos (excesso de cortisona, do hormônio do crescimento ou maior produção de adrenalina pelas adrenais) podem estar associados à doença.

você pode gostar também