Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Dinamarca confirma que vai deixar de usar vacina da AstraZeneca

A vacina irá deixar de fazer parte do plano de vacinação do país, sendo o primeiro europeu a fazê-lo.

Por NMBR

As autoridades de Saúde dinamarquesas confirmaram, nesta quarta-feira, a suspensão total do uso da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 no seu programa de vacinação devido aos efeitos secundários “raros, mas graves” que se têm vindo a verificar.

“As autoridades sanitária dinamarquesas decidiram continuar a vacinação contra Covid-19 sem a vacina da AstraZeneca”, pode ler-se num comunicado, citado pela Reuters.

No entanto, não descartam que o seu uso seja retomado em outro momento. A notícia já tinha sido divulgada nesta manhã, com os meios de comunicação do país a darem este desfecho como certo.

Com a decisão o plano de vacinação deverá sofrer um atraso de algumas semanas. O país escandinavo torna-se assim o primeiro da Europa a abandonar a vacina da farmacêutica AstraZeneca.

Quase um milhão de pessoas foram vacinadas na Dinamarca, aproximadamente 150 mil com a vacina da AstraZeneca. O país usa ainda as da Pfizer e da Moderna.

Recorde-se que a Agência Europeia do Medicamento (EMA) disse a semana passada ter encontrado uma possível ligação entre a vacina e os casos raros de coágulos, acrescentando, no entanto, que o risco de morrer de Covid-19 era “muito maior” do que de morrer por efeitos secundários raros.

A Dinamarca, que foi o primeiro país a suspender inicialmente todo o uso da vacina em março por questões de segurança, também pôs a vacina da Johnson & Johnson em pausa enquanto se aguardam novas investigações sobre uma possível ligação com casos raros de coágulo sanguíneo.

Foto: Noticias ao minuto

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil

-publicidade-