A equipe de investigação do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) prendeu em flagrante na tarde desta sexta-feira (21/09), por volta das 15h, em lugares distintos da capital, o artífice Ronaldo André Santos da Silva, 30, por furto de materiais de cobre, e Francisco Coelho Neto, 43, pela receptação do material. O material pertencia ao sistema de prevenção de incêndio de um condomínio, situado na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, zona oeste da capital.

De acordo o delegado Aldeney Goes, titular da unidade policial, as diligências em torno do caso iniciaram quando o síndico do condomínio registrou o Boletim de Ocorrência (BO), relatando que as mangueiras do condomínio estavam danificadas e que os danos ao local foram avaliados em até R$ 20 mil reais.

“Na tarde de hoje fomos até o condomínio onde avistamos o infrator escondendo o material do furto. Ronaldo era funcionário da empresa responsável pela manutenção do lugar há cerca de cinco anos e, por isso, tinha acesso as câmeras de vigilância e as redirecionava para não ser filmado cometendo os delitos. Ele confessou a prática criminosa, além de informar que revendia o material para Francisco”, disse Goes.

Conforme a autoridade, após Ronaldo indicar a localização do receptador, a equipe do 19º DIP foi até a residência de Francisco, na avenida Brasil, bairro Compensa, zona oeste da capital, e constatou que ele comprava o material de Ronaldo e depois derretia para fabricação de hélices de barcos. No local, os policiais civis conseguiram recuperar os objetos furtados.

Flagrante – Ronaldo foi autuado em flagrante por furto qualificado. Já Francisco foi autuado em flagrante por receptação. Ao término dos procedimentos cabíveis no 19° DIP, eles serão levados para Audiência de Custodia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PC-AM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here