As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Durante a Semana Santa

Governo 3

Estudantes da rede pública estadual encenam a Paixão de Cristo
Protagonizada por estudantes da rede pública estadual, Paixão de Cristo foi encenada durante a Semana Santa na Igreja de Nossa Senhora de Aparecida.

Um grupo de estudantes da escola estadual Frei Silvio Vagheggi, localizada na Rua Tapajós, s/nº, zona sul de Manaus, protagonizou na última sexta-feira, a encenação da Paixão de Cristo. A encenação ocorreu no espaço físico da Igreja Nossa Senhora de Aparecida e contou com a participação de 11 alunos da escola e demais integrantes.

A encenação, com a participação dos estudantes da escola fez parte das programações da igreja durante a semana santa na qual a sociedade é convidada a refletir sobre a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

De acordo com a gestora da escola, professora Auxiliadora Farias, ao receber o convite da Igreja, os estudantes se prontificaram a participar da encenação. “Foi uma forma de valorizar o talento dos jovens e de também procurar inseri-los em um evento da comunidade na qual parte deles está inserida”, disse.

Governo 2

Auxiliadora Farias disse ainda que o convite também oportunizou aos estudantes uma reflexão sobre o valor da vida. “Valores estes que consideramos importantes para a formação das pessoas”, lembrou.

Na dramatização, os alunos da escola foram protagonistas de personagens bíblicos como o discípulo Felipe, a mulher do cego de Jericó, soldados romanos e outros. Conforme os organizadores, os ensaios tiveram início no mês de janeiro, antes mesmo do início do ano letivo.

Para a aluna Rafaela Dantas, 16, estudante do 2º ano do ensino médio e que na dramatização foi protagonizou o papel da esposa do cego de Jericó, falou sobre a emoção de participar da atividade. “Participar desta encenação foi importante por poder interagir em um evento da comunidade e também por refletir sobre a temática abordada. Aprendi muito com a experiência”, contou.

Kaick Siqueira, 17, aluno do 2º ano do ensino médio, participou do grupo vocal responsável pela execução das músicas da encenação. Para ele, foi um momento oportuno. “Guardaremos este momento em nossas memórias. Tivemos a oportunidade de refletir e mostrar a importância de valores como o amor ao próximo”, revelou.