ELEIÇÕES: Abstenção bate recorde e é a maior dos últimos 30 anos

As eleições brasileiras se encerraram neste domingo com um recorde histórico. O número de pessoas que optaram em não ir a zona eleitoral ou anularam ou votaram em branco passou de 42 milhões. Para se ter uma ideia, quatro anos atrás 32 milhões de eleitores optaram pela abstenção ou por não votar em um dos candidatos no segundo turno. A alta, portanto, é a maior desde as eleições de 1989.

No segundo turno, 31 milhões de brasileiros se abstiveram de votar, o que representou 21,3% do eleitorado. Os dois maiores colégios eleitorais do país, os estados de São Paulo e Minas Gerais, foram os que registraram mais votos nulos. Em Minas Gerais, 10,6% dos votos foram anulados, enquanto em São Paulo a taxa foi de 10%.

Reportagem, Igor Brandão

Eleições2018