Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Em cinco dias Manaus pretende vacinar todos os trabalhadores da Educação com a primeira dose da vacina contra a Covid-19

O prefeito de Manaus, David Almeida, reforçou, na manhã desta terça-feira, 18/5, o compromisso da gestão em imunizar contra a Covid-19 os trabalhadores da Educação, ao detalhar, em entrevista coletiva no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na zona Centro-Sul, o cronograma de vacinação desse grupo, que terá início nesta quarta-feira, 19. A previsão, segundo David, é que em cinco dias esse grupo prioritário já tenha recebido a primeira dose da vacina.

Acompanhado da titular da Semsa, Shádia Fraxe, e do secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, o prefeito afirmou que as equipes de vacinação estão preparadas para atender a mais essa demanda.

“Será mais um grupo que começaremos a imunizar e, em comparação com outras capitais, Manaus está à frente na cobertura e diversidade dos grupos prioritários atendidos. Nós temos capacidade para avançar na vacinação, de acordo com a disponibilidade de doses. Já chegamos a vacinar 16 mil em um único dia. Se tivéssemos mais vacinas, certamente ampliaríamos essa capacidade. Com as doses que temos, a Semsa fez os cálculos e poderemos atender os trabalhadores da Educação, do ensino básico ao superior”, informou David.

Até a manhã desta terça-feira, a plataforma Imuniza Manaus já havia cadastrado mais de 20 mil pessoas desse grupo. “É muito importante que esses profissionais façam o cadastro, para que possamos organizar da melhor forma o atendimento a todos, em segurança, sem riscos de aglomeração. Importante, também, que os professores deem prioridade à imunização contra a Covid-19, deixando para um segundo momento a vacinação contra a Influenza, cuja campanha está sendo realizada simultaneamente. O intervalo entre os dois imunizantes deve ser de 14 dias”, explicou a titular da Semsa.

A vacinação dos profissionais da Educação será feita de forma escalonada. Na quarta-feira, poderão procurar os sete pontos de vacinação montados pela Semsa em todos os distritos de saúde, os trabalhadores de ensino básico da rede municipal e federal. De quinta-feira a sábado (20, 21 e 22), será a vez dos que atuam no ensino básico da rede estadual. Na segunda-feira da próxima semana (24/05), receberão a primeira dose os trabalhadores de ensino básico da rede particular e na terça-feira (25), os de ensino superior estadual, federal e particular.

Para ser vacinado, o trabalhador da Educação deve apresentar documento de identificação original, com foto; CPF; e contracheque ou carteira de trabalho que comprove seu vínculo com o estabelecimento de ensino (original e cópia).

O secretário da Semed, Pauderney Avelino, lembrou que mais de seis mil trabalhadores da Educação já foram vacinados, ou por se enquadrarem nos grupos de pessoas com comorbidades, ou pelo projeto de pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Fundação de Medicina Tropical de Manaus Dr. Heitor Vieira Dourado e Universidade do Estado do Amazonas (UEA). “Esse calendário anunciado pelo prefeito David Almeida, elaborado pela Semsa, com a aprovação da Justiça, vem complementar a vacinação dos trabalhadores da Educação da nossa cidade. Muita gente gosta de criticar, mas aqui quero deixar o meu aplauso para as equipes da Semsa, formadas por verdadeiros guerreiros nessa campanha de vacinação”, destacou.

Imuniza

Quem já tiver feito o cadastro no Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br) deve acessar o sistema e verificar no botão “Consultar 1ª Dose” o local e a hora agendados eletronicamente para a vacinação. Quem ainda não fez o cadastro, deve acessar o sistema e escolher a opção “Cadastro de Cidadão”, depois escolher a opção correspondente ao grupo (trabalhador da educação) e informar os dados solicitados, que incluem a natureza do estabelecimento ao qual o trabalhador está vinculado (público municipal, estadual, federal ou particular) e o nível de ensino onde atua (básico ou superior).

Embora o cadastro seja uma recomendação da Semsa, ele não é obrigatório. Os que não tiverem feito o registro no sistema devem procurar o ponto de vacinação mais próximo, conforme o calendário oficial da secretaria.

Calendário de vacinação – Trabalhadores da Educação

Quarta, 19 – ensino básico (municipal e federal)

Quinta a sábado, 20 a 22 – ensino básico (estadual)

Segunda, 24 – ensino básico (particular)

Terça, 25 – ensino superior (estadual, federal e particular)

Níveis contemplados

Ensino básico – creches, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, ensino profissionalizante e de jovens e adultos

Ensino superior

Documentos

RG ou outro documento de identificação original, com foto

CPF

Contracheque ou Carteira de Trabalho

Locais de vacinação – 9h às 16h

Zona Norte

Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola

Rua Gandu, 119, Cidade Nova

Supermercado Coema

Avenida Torquato Tapajós, 5.890, Novo Israel

Zona Sul e Centro-Sul

Centro Cultural dos Povos da Amazônia

Avenida Silves, 2.222- Crespo

Universidade Paulista (Unip)

Avenida Mário Ypiranga Monteiro, 3.490, Parque 10 de Novembro

Zona Leste

Clube do Trabalhador do Sesi-AM

Avenida Cosme Ferreira, 7.399, São José 1

Zona Oeste

Balneário do Sesc – AM

Avenida Constantinopla, 288, conjunto Campos Elíseos, Planalto

Centro de Convenções de Manaus (sambódromo)

Avenida Pedro Teixeira, 2.565, Dom Pedro, zona Oeste.

Texto – Sandra Monteiro e Andréa Arruda / Semsa

Foto – Ruan Souza / Semcom

-publicidade-