Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Em encontro com embaixador da Tailândia, governador José Melo discute parcerias no setor primário e em C&T

Em encontro com embaixador da Tailândia, governador José Melo discute parcerias no setor primário e em C&T
Em encontro com embaixador da Tailândia, governador José Melo discute parcerias no setor primário e em C&T

O governador do Amazonas, José Melo, recebeu na tarde desta segunda-feira, 23 de março, o embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da Tailândia, Pitchayaphant Charnbhumidol, para tratar de futuros acordos comerciais em setores como piscicultura e aquicultura e de termos de cooperação na área de ciência e tecnologia (C&T), entre o Amazonas e o país asiático. 

Durante a reunião, que contou com a participação dos secretários de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Thomaz Nogueira, de Fazenda, Afonso Lobo, e de Produção Rural, Sidney Leite, o governador destacou o interesse do Estado do Amazonas em estabelecer acordos de cooperação entre os dois mercados, principalmente na criação de peixe em cativeiro, tendo em vista que a Tailândia produz quatro vezes mais peixes em cativeiro que o Brasil.

“O nosso Estado, além da Zona Franca, tem riquezas naturais muito grandes como a biodiversidade. Queremos nos tornar especialistas na criação de peixe e, por isso, temos um grande interesse no intercâmbio e troca de experiência nessa área entre os dois países”, disse o governador.

Outro ponto discutido durante a visita foi o possível estabelecimento de intercâmbios entre a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e o Instituto de Tecnologia tailandês, para o desenvolvimento de projetos nas áreas de ciência e tecnologia, voltados principalmente para exploração da biodiversidade e melhoramento genético das espécies de peixes criadas em cativeiro, aproveitando a larga experiência da Tailândia nessa área.

O governador afirmou que, nos próximos anos, o problema de produção de alimentos será mundial e que, por isso, o Amazonas pretende se tornar um grande produtor de proteínas, e que, para isso, o Estado está oferecendo todas as condições para quem apresentar interesse na produção de pescado.

Pitchayaphant Charnbhumidol destacou que as relações diplomáticas entre Brasil e Tailândia possuem mais de 50 anos, mas que é necessário aprofundá-las. Ele informou que o volume comercial entre os dois países é de aproximadamente R$ 4 bilhões, com importações em torno de R$ 2 bilhões em produtos como soja e alimentos enlatados.

O embaixador propôs que o Estado do Amazonas apresente uma lista de interesses em investimentos para que seja estudada pelo governo tailandês para possíveis parcerias.

José Melo também ressaltou que é de interesse do Estado que empresas tailandesas de instalem no Polo Industrial de Manaus, que possui, atualmente, apenas uma empresa no Estado. Segundo o embaixador, existe o interesse em de implantação de uma segunda fábrica em Manaus, que geraria cerca de 1,5 mil empregos diretos.

-publicidade-