Take a fresh look at your lifestyle.

Em novo protesto no Distrito, trabalhadores fecham avenida contra reformas

-publicidade-

Funcionários da Petrobras e de empresas terceirizadas, além de integrantes de movimentos paredistas, realizaram uma manifestação em frente da Refinaria Isaac Sabbá (Reman), no Distrito Industrial, Zona Sul de Manaus. O movimento nacional pede a não votação do texto do presidente Michel Temer que prevê mudanças na previdência social.

O trânsito ficou congestionado após os trabalhadores tomarem a rua Quixito, uma das principais do Distrito industrial. Policiais militares e a Rocam foram acionados. Um carro de som foi colocado em uma parte da via.

Membros da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores Brasileiros (CTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Sindicatos dos rodoviários, plásticos, metalúrgicos, petroleiros, construção civil, além de trabalhadores do distrito, participaram do ato. O objetivo da paralisação é que os trabalhadores não percam direitos com as reformas.

-publicidade-