Em uma semana, 28 idosos de baixa renda solicitam microcrédito pelo programa de fomento do Governo do Amazonas

Programa Idoso Empreendedor é coordenado pela Sejusc em parceria com a Afeam

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) registrou, até as 14h desta sexta-feira (09/07), o total de 28 inscrições no Programa Idoso Empreendedor, lançado pelo governador Wilson Lima no dia 2 de julho, que oferta microcrédito para idosos de baixa renda, com a finalidade de ajudá-los no início ou ampliação dos próprios negócios.

Do total de 28 solicitações, nove foram aprovadas para receber o microcrédito que varia de R$ 2 mil a R$ 5 mil (ambos sem avalista) e, acima disso, até R$ 21 mil, somente com avalista. Dos requerimentos, 19 ainda estão em análise pela equipe do Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (CIPDI/Sejusc), responsável por receber as solicitações, além de realizar as entrevistas e visitas sociais.

A secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, destacou que é uma determinação do governador Wilson Lima criar, cada vez mais, mecanismos para que os idosos possam obter ou continuar tendo a independência financeira.

“Muitas pessoas com mais de 60 anos têm vontade de impulsionar seu pequeno negócio ou até mesmo iniciar um empreendimento e, por meio do programa, é possível concretizar isso”, comentou a gestora.

A secretária executiva adjunta de Direitos da Pessoa Idosa da Sejusc, Luciana Andrade, apontou que, até o momento, a procura foi de pessoas que já possuem algum tipo de ocupação autônoma.

“Acreditamos que haverá grande adesão, em razão de ser um projeto que visa geração de renda e emprego, fomentando através de recursos a autonomia desses idosos”, afirmou.

Idoso Empreendedor – Para solicitar o microcrédito, é necessário realizar o pré-cadastro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, por meio do telefone (92) 98484-1746 ou indo diretamente no CIPDI/Sejusc, Rua do Comércio, s/n, Parque 10 (anexo à Delegacia do Idoso), zona centro-sul.

Após estar inscrito, a Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi/Sejusc) irá fazer uma visita ao idoso. para verificar se ele atende aos requisitos sociais para acesso ao programa. Em seguida, a Sejusc emitirá uma declaração que deverá ser anexada à documentação a ser enviada no site da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). Ao entrar na página, é preciso clicar em “Crédito Emergencial” e, a partir daí, seguir o passo a passo indicado em vídeo.

FOTO: Diego Peres/Secom e Eduardo Santos/Sejusc