As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Emprego – Plataforma aproxima candidatos e empresas

Conseguir um novo emprego durante a pandemia do novo coronavírus é algo distante? Não para quem quiser trabalhar na indústria nacional. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) criou o Contrate-me, uma ferramenta para que interessados em trabalhar no setor encontrem a vaga ideal. Por meio de inteligência artificial, o sistema mostra a empregadores currículos que mais se aproximam das vagas ofertadas, prezando não só por competências técnicas, mas também pelas emocionais.

O objetivo é focar especialmente nas habilidades socioemocionais dos candidatos. Segundo o gerente de Educação Profissional do SENAI, Felipe Morgado, qualquer pessoa interessada em trabalhar na indústria brasileira pode experimentar a ferramenta.

“O SENAI sempre busca formar profissionais preparados e de acordo com a necessidade do setor produtivo, mas muitas empresas têm dificuldade de encontrar os melhores profissionais de acordo com essas necessidades. Por isso, criamos a plataforma, para garantir um processo ágil de seleção e a melhor escolha para a indústria”, explica. Morgado acrescente que o número de vagas disponíveis vai depender da demanda da indústria na busca por novos profissionais.

Para concorrer a uma vaga, o candidato deve se cadastrar e montar o perfil na plataforma, inserindo inicialmente dados pessoais. Depois dessa etapa, o interessado fará uma entrevista virtual, com uso de inteligência artificial, podendo falar sobre experiências pessoais, gostos, qualidades e habilidades profissionais. A plataforma, então, verifica a compatibilidade do candidato com as vagas disponíveis, dando “match” com as que mais se encaixam, semelhante ao que ocorre em aplicativos de relacionamento.

“O Contrate-me é uma solução simples, ágil, fácil e barata para que as indústrias brasileiras encontrem os melhores profissionais disponíveis no mercado de trabalho. Inclusive, convidamos as indústrias brasileiras a entrarem na plataforma e selecionarem os profissionais”, recomenda Felipe Morgado.

Uma das dicas do gerente de Educação Profissional do SENAI é deixar o currículo com informações claras, especialmente em relação às habilidades, já que tudo ficará acessível às empresas cadastradas. “Preencham as informações com muita atenção, destacando as competências técnicas, a formação e, principalmente, respondendo à entrevista de maneira completa, para que a plataforma identifique todas as competências da pessoa. Caso a pessoa ainda não tenha uma determinada competência, seja técnica ou emocional, o SENAI certamente poderá oferecer um curso para desenvolvê-la”, garante. Vale ressaltar que sempre que quiser, o candidato poderá atualizar os dados.

O Contrate-me é uma parceria do SENAI com a plataforma de empregabilidade SPECK, conhecida justamente pelo potencial de mostrar as capacidades socioemocionais dos candidatos. Até agora, mais de 11 mil currículos já foram inseridos no site.