As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Empresas que receberam consultoria do SENAI aumentaram a produtividade em 52,09%

Gov Agricultura

Em 2017, as empresas que receberam consultoria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), por meio do programa Brasil Mais Produtivo, alcançaram um aumento médio de produtividade de 52,09% nas linhas de produção, segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). O programa já atendeu 3 mil empresas de todas as regiões do Brasil. Na nova etapa, que ocorre entre 2018 e 2019, serão atendidas mais 600 empresas.

O gerente-executivo de Política Industrial da CNI, João Emilio Gonçalves, explica que o objetivo das consultorias é introduzir técnicas da Indústria 4.0 a pequenas e médias empresas.

“O Brasil Mais Produtivo ataca a questão da gestão da produção, da produção enxuta, que é muito importante para criar estágios para a digitalização. O que a gente diz é que não adianta você digitalizar um processo ineficiente. Então, ter essa base da manufatura enxuta, que gera por si só um ganho de produtividade muito grande, é uma etapa importante que as empresas precisam passar.”

Segundo o especialista em finanças e tecnologia, Edemilson Paraná, além de levar as inovações tecnológicas até as empresas, é necessário reformular o sistema educacional brasileiro para capacitar os profissionais da indústria.

“Investir em desenvolvimento tecnológico, instituições de ensino e capacitação para essa força de trabalho, para que ela se adeque a esse novo ambiente, e possa, eventualmente, produzir novas soluções, inclusive novos produtos, que venham a produzir mais empregos, é uma condição fundamental.”

Priorizar políticas para a adoção das novas tecnologias e promover o desenvolvimento tecnológico no setor industrial, além de desenvolver estratégias para a formação e requalificação de profissionais, são algumas das propostas encaminhadas pela indústria aos candidatos à Presidência da República. As sugestões foram definidas a partir do estudo Indústria 4.0 e Digitalização da Economia e estão no documento Propostas da Indústria para as Eleições.

Reportagem, Aline Dias

você pode gostar também