Encontro de defensoras e defensores públicos da Região Norte promove troca de experiências em Manaus

Evento será realizado nesta quinta e sexta-feira, dias 25 e 26, no Hotel Blue Tree

Manaus sediará o 2º Encontro das Defensoras e Defensores Públicos da Região Norte, nos próximos dias 25 e 26 de outubro, nesta quinta e na sexta-feira. O evento é uma oportunidade de troca de experiências para o fortalecimento das Defensorias Públicas dos Estados do Norte do País. O encontro terá início às 16h de quinta-feira (25/10), no Hotel Blue Tree, localizado na avenida Umberto Calderaro, Nº 817, bairro Adrianópolis, zona centro-sul da capital e ocorrerá até as 17h da sexta-feira (26/10).

Realizado pelas Associações de Defensores Públicos dos Estados da Região Norte, a programação do encontro conta com palestras, apresentações de práticas exitosas, discussões sobre os desafios da profissão e abordagem de novas formas de atuação.

Para a presidente da Associação de Defensores Públicos do Estado do Amazonas (Adepam), Kanthya Miranda, o Encontro será um grande momento para a troca de experiências obtidas em cada Estado, visando o aprimoramento e fortalecimentos das Defensorias Públicas. “A realização do Encontro das Defensoras e Defensores Públicos é uma grande oportunidade de fortalecermos e divulgarmos o trabalho desenvolvido pelos 635 profissionais que atuam aqui na Região Norte. Enfatizaremos nossas práticas exitosas e, certamente, conseguiremos trocar experiências e obter ainda mais conhecimento em diversas áreas”, enfatizou a presidente.

Entre os palestrantes convidados, a Defensora Pública do Estado de Rondônia, Morgana Lígia Batista de Carvalho, fará a abertura do evento abordando o tema “Meios Alternativos de Solução Extrajudicial de Conflitos no Âmbito Familiar e o Papel da Defensoria Pública”.

No dia 26, o encontro inicia às 9h, com uma abordagem sobre a “Atuação da Defensoria Pública como custus vunerabilis”, feita pelo Defensor Público do Amazonas, Maurilio Casas Maia. O evento encerra com uma palestra sobre “Direito das Populações Tradicionais e a Convenção 169 da OIT”, ministrada pelo Defensor Público do Estado do Pará, Johny Fernandes Giffoni.