Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Encontro “Ouvindo quem ouve” reúne ouvidores das unidades de saúde do Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) realizou, nesta sexta-feira (18/12), o I Encontro das Ouvidorias das unidades de saúde da capital, com o tema: “Ouvindo quem Ouve”. No evento, ocorrido no auditório da SES-AM, os servidores de 25 unidades de saúde destacaram os desafios e projetos de melhorias para 2021.

Os ouvidores são responsáveis por receber reclamações, denúncias, sugestões, elogios e demais manifestações dos cidadãos, quanto aos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) do Amazonas.

Conforme o secretário da SES-AM, Marcellus Campêlo, desde o início do Programa Saúde Amazonas, em que foi criado a Secretaria Executiva de Controle Interno, a Ouvidoria se tornou mais fortalecida para cumprir o seu principal papel.

“Tem que olhar nos olhos, entender e, principalmente, entender a cabeça daquela pessoa que está me procurando. É uma coisa que eu peço, né, pessoal? Saber ouvir. Ouvindo quem ouve, porque a pessoa quando procura uma unidade de saúde está muito fragilizada”, disse o secretário sobre a função do ouvidor.

Além da troca de experiências, de acordo com o secretário executivo da pasta, Silvio Romano, o encontro promoveu a apresentação da estrutura da recém-criada Secretaria Executiva de Controle Interno, as ferramentas utilizadas nos projetos do Programa Saúde Amazonas e a campanha de divulgação dos canais da Ouvidoria nas redes sociais.

“São essas pessoas que estão à disposição nas unidades de saúde para receber o usuário e ouvir todas essas demandas. Quer seja suas reclamações, suas queixas, suas sugestões, que também são importantes, e buscar uma solução para essa necessidade. A gente aconselha e recomenda que busque as ouvidorias, porque esse é o canal mais rápido e mais seguro para que as demandas sejam solucionadas”, afirmou Silvio Romano.

Elo entre o cidadão e o Estado – As Ouvidorias confirmam o elo entre o cidadão e a administração pública ao receber, examinar e encaminhar as diversas manifestações recebidas. Essa é a avaliação da ouvidora da Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado, Neiva Carvalho, que há 10 anos atua na função.

“Encontros como esse são de suma importância para a gente fortalecer a nossa profissão, o nosso grupo. Sabemos que a Ouvidoria é o canal que liga o cidadão à direção e também precisamos estar juntos para amadurecer os novos projetos”, disse a ouvidora.

Quando procurar a Ouvidoria do SUS? – Na ouvidoria é possível o registro de elogios e/ou sugestões relacionados ao atendimento recebido, ao profissional que o atendeu e, ainda, sugerir a inclusão de medicamento no SUS/contratação de profissionais.

A Ouvidoria pode ser buscada para solicitações de assistência como consultas, exames e medicamentos. Para relatar uma insatisfação com algum profissional de saúde, demora no atendimento, falta de material na unidade de saúde e falta de medicamento. É o canal também de denúncias, mas também para obter instrução, orientação, esclarecimento relacionado à saúde, como conseguir medicamentos pelo SUS, o Sistema de Regulação, entre outros.

Canais de ouvidoria – Os usuários podem contatar a Ouvidoria da SES-AM pela internet, através de formulário online (http://www.saude.am.gov.br/informativo/ouvidorias.php), ou pelo Disque-Saúde 136 (ligação gratuita), que funciona 24 horas. O atendimento presencial também pode ser buscado nas unidades de saúde. Nas redes sociais (@saudeam) a secretaria também dispõe de um destaque com o telefone e e-mail de todas as ouvidorias.

FOTO: Divulgação/SES-AM

-publicidade-