Take a fresh look at your lifestyle.

Enfermeira é presa em Coari com medicamentos sem comprovação de origem

-publicidade-

Uma enfermeira de 27 anos foi detida, na manhã desta sexta-feira (12/02), após abordagem feita por policiais da Base Fluvial Arpão, em uma embarcação que tinha como destino a cidade de Manaus. A mulher estava transportando, em sua bagagem, medicamentos sem comprovação de origem. Mais de 100 itens foram encontrados, entre comprimidos, cateteres, ampolas, xaropes e outros insumos médicos.

A abordagem ocorreu no Rio Solimões, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus), por volta das 8h, na embarcação Gabrielle Zanys, oriunda do município de Japurá (a 744 quilômetros de Manaus) com destino à capital. Durante a vistoria em bagagens, foi encontrada uma grande quantidade de medicamentos e materiais de uso hospitalar entre os pertences da enfermeira, sem qualquer comprovação de origem e procedência.

Ela foi encaminhada à Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, onde afirmou que o material era uma doação da Unidade Básica de Saúde (UBS) do município de Maraã (a 634 quilômetros de Manaus). Mas ela não possuía documentos da doação. A enfermeira, então, entrou em contato com a UBS do município e recebeu, por Whatsapp, um suposto termo de adoção.

A enfermeira assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que será remetido ao Ministério Público do Amazonas (MPAM), para que a situação possa ser devidamente apurada.

FOTO: Divulgação/SSP

-publicidade-