Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Enfrentamento à malária durante a pandemia é tema de seminário da FVS-AM

Evento será transmitido pelo canal de vídeos da FVS-AM

O enfrentamento à malária durante a pandemia de Covid-19 é o tema do V Seminário Estadual alusivo ao Dia Mundial de Luta contra a Malária, nesta sexta-feira (23/04). A webconferência será transmitida pelo canal de vídeos da FVS-AM, disponível no link https://bit.ly/2RQMJhZ .

O evento terá a participação de membros do enfrentamento da malária da FVS-AM, Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS), além de pesquisador da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, destaca que o evento é a oportunidade de as instituições trocarem experiências sobre o enfrentamento da malária diante dos desafios da pandemia. “O Amazonas dispõe da maior rede de diagnóstico precoce de malária do país e será estratégico se reunir com instituições estaduais e nacionais. Os debates enriquecem as ações de combate ao agravo diante da pandemia de Covid-19”, afirma.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Malária da FVS-AM, Myrna Barata Machado, o controle efetivo da doença exige que as instituições atuem na prevenção. “O evento busca mobilizar os gestores de saúde para se sensibilizarem sobre o combate à malária, valorizando a prevenção e o controle da doença para tornar o Amazonas livre da malária”, detalha Myrna.

Indicadores – O Amazonas apresenta redução de 23,82% no número de casos de malária, na comparação entre o primeiro trimestre de 2021 e o de 2020. Dados gerenciados pela FVS-AM apontam para registro de 10.014 casos, de janeiro a março de 2021, e 13.145 no mesmo período do ano passado.

Programação – O evento on-line terá conferências das 8h30 às 12h e das 13h30 às 16h30. Os debates terão a participação do diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes; do chefe do Departamento de Vigilância Ambiental da FVS-AM (DVA/FVS-AM), Elder Figueira; da coordenadora do Programa Estadual de Malária da FVS-AM, Myrna Barata; Ana Ruth Arcanjo, do Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen/FVS-AM); do secretário Executivo de Assistência do Interior, Cássio Roberto do Espírito Santo; Bernardino Albuquerque pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam); Roberto Montoya, da OPAS; Francisco Edilson Júnior e Joyce Pereira, ambos da coordenação-geral de Vigilância de Zoonoses e Doenças de Transmissão Vetorial da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (CGZV/SVS/MS); além de Nicolau Abdalah Neto, Patrike Machado Barbosa e Eleilson Santos de Souza, da Fundação de apoio à Fiocruz do Ministério da Saúde (Fiotec/MS).

Referência – A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas, incluindo o monitoramento de indicadores de doenças, como a malária, por meio do Departamento de Vigilância Ambiental e Controle de Doenças (DVA/FVS-AM) via Gerência de Doenças de Transmissão Vetorial – Malária (GDTV/DVA/FVS-AM).

A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os números para contato são (92) 3182-8550 e 3182-8551. Os contatos específicos do DVA/FVS-AM e GDTV/DVA/FVS-AM são, respectivamente, 3182-8547 e 3182-8542.

FOTO: Silvana Simões / FVS-AM

-publicidade-