As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Equipe da DEHS prende auxiliar de logística denunciado por homicídio cometido na zona Norte da cidade

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), sob o comando do delegado Ivo Martins, titular da especializada, prendeu, em flagrante, na manhã de quinta-feira, dia 21, o auxiliar de logística Diogo Santos da Silva, 28, por homicídio qualificado. O homem é apontado como autor do homicídio de Sirley Ramos Alecrim, ocorrido por volta das 7h40 de ontem, na Avenida Autaz Mirim, Conjunto Amazonino Mendes, bairro Novo Aleixo, zona Norte da cidade. A vítima tinha 30 anos.

O auxiliar de logística foi apresentado na manhã desta sexta-feira, dia 22, durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da especializada, na zona Leste da capital. Na ocasião, Ivo Martins informou que Diogo foi preso pela equipe da DEHS por volta das 8h, ainda nas proximidades do local do crime, logo após cometer o homicídio.

Conforme o delegado, populares que presenciaram o delito procuraram os policiais civis da DEHS para comunicar o crime. “Após serem informados sobre o homicídio, os servidores seguiram, a pé, em busca do infrator e avistaram Diogo correndo em direção ao Conjunto Amazonino Mendes. O infrator foi alcançado e interceptado pela nossa equipe”, argumentou Martins.

Levado à unidade policial, o auxiliar de logística declarou, em depoimento, que a vítima e um comparsa, ainda não identificado pela polícia, teriam roubado ele na noite da última quarta-feira, dia 20, no momento em que estava indo para a casa do irmão dele.

“Diogo alegou que a vítima e outro homem o teriam abordado e roubado o moletom que ele estava vestido. O auxiliar de logística informou que a dupla usou um punhal para cometer o roubo. Quando ele estava retornando para a casa da mãe dele na manhã de ontem avistou os dois infratores que o teriam roubado na noite anterior. Então Diogo armou-se com uma barra de ferro e caminhou em direção à dupla. O comparsa de Sirley conseguiu fugir e a vítima acabou vindo a óbito após ser atingida com golpes desferidos com a barra de ferro por Diogo”, explicou Ivo Martins.

No decorrer da coletiva de imprensa a autoridade policial enfatizou que Diogo não ofereceu resistência no momento da prisão. Ivo Martins destacou ainda que o auxiliar de logística não tinha passagem pela polícia. Já Sirley havia sido preso em abril deste ano, por roubo, e estava respondendo ao processo em liberdade provisória.

“Diogo agiu por impulso, resolveu fazer justiça com as próprias mãos. Pegou uma barra de ferro e, a duzentos metros da delegacia, cometeu o delito. Ninguém compactua com esse tipo de atitude, tanto que populares vieram até o prédio da DEHS informar o crime. É lamentável, mas não é admissível o cidadão querer fazer justiça com as próprias mãos. Para isso existem os órgão constituídos”, enfatizou o titular da DEHS.

O auxiliar de logística foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, por motivo fútil. Ao término dos trâmites legais, realizados na unidade policial, Diogo será conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

você pode gostar também