As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Equipe do 12º DIP prende mãe e filha envolvidas em roubo a bar situado na zona Centro-Sul

A Polícia Civil do Amazonas, sob o comando do delegado titular do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rafael Guevara, cumpriu na manhã de segunda-feira, dia 13, por volta das 9h, mandados de prisão temporária em nome de Ana Caroline Castro Xaud, 18, e da mãe dela, Karla Fabiane Castro Xaud, 36. Durante a diligência, a equipe de investigação da unidade policial prendeu, em flagrante, Gabriel Gouveia Almeida, 26, por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

De acordo com a autoridade policial, mãe e filha foram presas na casa onde moravam, na Comunidade Mundo Novo, bairro Cidade Nova, zona Norte. Elas estão envolvidas em roubo a um bar situado na Avenida Governador José Lindoso (Avenida das Torres), no bairro Flores, zona Centro-Sul.

Rafael Guevara explicou que o crime ocorreu na madrugada do dia 25 de março deste ano. Na ocasião, Ana, que era funcionária do estabelecimento comercial, teria repassado informações para que o crime fosse consumado. Durante as investigações, os policiais descobriram que as duas mulheres estariam envolvidas no roubo, motivo pelo qual a autoridade policial representou o pedido das prisões temporárias em nome delas.

“Conseguimos efetuar as prisões das duas, mas ainda estamos atrás de Thiago, que participou do roubo e é considerado foragido da Justiça. Com elas apreendemos alguns celulares que tinham mensagens planejando mais um roubo. A partir dessas informações chegamos até Gabriel, que iria fornecer a arma para que fosse praticado mais um delito na cidade”, esclareceu Guevara.

Conforme o titular do 12º DIP, Gabriel foi preso por volta das 16h30 de ontem, na Comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus. Com ele foi apreendia uma porção média de maconha, além de um revólver calibre 38.

Na delegacia, Ana admitiu participação no roubo ao bar onde trabalhava como operadora de caixa. “Ela confirmou que forneceu detalhes sobre o funcionamento, onde ficava o escritório do estabelecimento, quantos funcionários tinham no local e outras informações necessárias para que os infratores tivessem êxito na ação criminosa. Karla, porém, negou envolvimento no delito”, ressaltou o delegado.

Ana e Karla foram indiciadas por associação criminosa e roubo majorado. Ao término dos procedimentos legais na delegacia elas serão conduzidas ao Centro de Detenção Provisória Feminina (CDPF). Gabriel foi autuado, em flagrante, por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Após os trâmites legais ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.

Rafael Guevara concluiu afirmando que as investigações em torno do caso terão continuidade para que os policiais civis cheguem aos demais infratores envolvidos no roubo ao bar.

você pode gostar também