Take a fresh look at your lifestyle.

Equipe do 6º DIP prende jovem denunciado por receptação

-publicidade-

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado titular da unidade policial, Jeff David Mac Donald, prendeu em flagrante, na noite de quarta-feira, dia 26, por volta das 18h, Jederson Souza dos Santos, 24, conhecido como “Jereba”, na Rua Kiruna, bairro Cidade Nova, zona Norte da cidade, pelos crimes de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e corrupção de menores.

De acordo com o titular da unidade policial, eles chegaram até o infrator após o recebimento de denúncia anônima, informando que uma motocicleta com restrição de roubo estaria estacionada naquele endereço. Os policiais civis do 6º DIP deram início às diligências e localizaram o veículo em frente à casa de um adolescente de 17 anos. Ao ser questionado sobre a procedência do veículo, o morador disse que a moto pertencia a “Jereba”, que costumava estacionar o veículo em frente à casa do adolescente.

“Nos dirigimos até a residência de “Jereba”, naquela mesma rua, e no momento da abordagem o infrator confirmou que a motocicleta era dele. Verificamos ainda, que o motor e quadro da motocicleta estavam raspados, além da placa ser de outro veículo, que estava com restrição de roubo. Após constatarmos que o motor da motocicleta em posse de “Jereba” estava em nome de outra pessoa, nos dirigimos até o endereço dela, que alegou não ter conhecimento de que o motor da motocicleta estava adulterado”, explicou o delegado.

Mac Donald informou, ainda, que o infrator era contumaz na prática desse crime e que costumava utilizar peças de veículos roubados, que após terem seus números de identificação adulterados, eram usadas para a montagem de outras motocicletas. O restante era vendido no comércio clandestino por um preço abaixo do que é praticado no mercado.

Jederson foi autuado em flagrante por receptação qualificada, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e corrupção de menores. Ao término dos procedimentos legais no prédio da delegacia, o infrator foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

-publicidade-