As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Escola da zona Oeste realiza torneio de leitura por meio da plataforma Árvore de Livros

Como forma de incentivar os estudantes a continuarem com as atividades de leitura e escrita, em meio a suspensão das aulas presenciais, devido a pandemia da Covid-19, a escola municipal São Pedro, localizada na Compensa, zona Oeste de Manaus, realiza o 1º torneio de Leitura com os alunos do ensino fundamental, anos finais, na plataforma Árvore de Livros.

Os cinco alunos que tiverem a maior pontuação em um ranking, a ser elaborado a partir dos dados que a plataforma disponibiliza, até a próxima segunda-feira, 8/6, receberão um kit que contará, entre outras coisas, com máscara de proteção, álcool em gel e livros. A premiação acontecerá no dia 10, na sede da escola, seguindo todas as recomendações de segurança sanitária para evitar aglomeração.

O torneio iniciou no final do mês de abril e contou com a participação de 26 alunos. Os critérios de pontuação são: cada livro lido, 50 pontos; cada livro lido da indicação diária, 100 pontos; cada ponto da liga de leitores, 2 pontos; cada 1% de leitura, 1 ponto.

O responsável por essa ação é o coordenador do telecentro Daniel Pereira de Souza. Ele conta que fez um pré-levantamento dos resultados de leitura até então, mas que a lista definitiva vai ser emitida após a compilação da plataforma.

“O pessoal da Árvore de Livros tem até cinco dias úteis para gerar a planilha da Liga de Leitores do mês. Pela lisura do processo, vou esperar essa lista para divulgar os vencedores”, informa.

Daniel mantém contato com os estudantes por meio de um grupo, em um aplicativo de mensagens, onde divulga rankings que ele mesmo monta, apontando aqueles que estão com mais leituras. Por meio desse grupo ele também faz indicações de livros a serem lidos. No ranking diário, são publicados os cinco primeiros colocados e no final do mês é divulgado o resultado mensal e enviado o certificado digital para os alunos.

Uma forma que Daniel encontrou para engajar os estudantes na leitura foi indicar livros curtos com histórias que eles possam ter entretenimento e consigam terminar. “Em anos anteriores, identifiquei que muitos estudantes não terminavam o que começavam a ler, porque eram livros muito longos e complexos. Com essas recomendações que faço, aos poucos eles pegam gosto pela leitura”, observa.

Desde que a competição começou, os alunos leram mais de 130 livros. Depois desse torneio, a escola realizará outra competição com os alunos, que será divulgada após a entrega das premiações.

Projeto

A “Árvore de Livros” é considerada a maior plataforma de leitura digital do Brasil, com um acervo superior a 10 mil títulos e presença em centenas de escolas públicas e particulares e bibliotecas espalhadas por todo o país. Além disso, também oferece apoio pedagógico aos educadores, relatórios que possibilitam acompanhar de perto a leitura efetiva de cada aluno e projetos que estimulam o hábito de ler em crianças e jovens.

A parceria, firmada desde agosto de 2018 entre a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e o projeto Árvore de Leitura, atende mais de 110 escolas municipais, beneficiando aproximadamente 51 mil alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, além de bibliotecários e auxiliares, e professores, que podem ministrar aulas mais dinâmicas. A plataforma funciona off-line nas unidades de ensino.

Texto – Alexandre Abreu / Semed