As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Escola de Contas realiza Semana de Controle Interno a partir do dia 23 deste mês

A Escola de Contas Públicas (ECP) do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) realizará, nos dias 23 a 27 deste mês, a Semana de Controle Interno. Com cinco dias de programação, o evento será realizado no auditório da Corte de Contas e na sala 1 da ECP. As inscrições iniciarão na próxima quarta-feira (4) pelo link: https://moodle.tce.am.gov.br/.

Promovido pela ECP, sob coordenação da conselheira Yara Lins dos Santos, o evento tem como objetivo promover a atualização de conteúdos sobre o controle interno. A abertura será realizada no dia 23/03, no auditório da Corte de Contas, a partir das 9h.

O presidente da Corte de Contas, conselheiro Mario de Mello, ressaltou a importância das discussões e parabenizou a ECP pela iniciativa. “Para termos um controle externo forte e eficiente, devemos contar muito com os controles internos da Administração Pública. Por isso, parabenizo a conselheira Yara Lins dos Santos por promover um ambiente de discussão e de atualização sobre as normas que regem o controle interno”, disse.

Programação – A primeira palestra com o tema “Gestão de Riscos: Uma Nova Realidade e Princípios, Diretrizes e Objetivos da Gestão de Risco” será ministrada pelo pós-doutor em Direito pela Universidade de Madri, doutor em Direito Econômico pela Universidade do Paraná e mestre em Direito Econômico e Social pela Universidade do Paraná, Rodrigo Pironti.

A tarde, Rodrigo Pironti segue palestrando sobre “Matriz de Risco e Controle Mapeamento e Análise de Risco”. A palestra visa esclarecer possíveis riscos presentes no ambiente de empresas, considerando seus objetivos, controles internos e processos operacionais, independente da sua atividade e porte.

Na terça-feira (24), os temas “Workshop Prático para Elaboração de Matriz de Riscos e Controles” e “Jogo Gov” também serão ministrados por Rodrigo Pironte.

De quarta-feira (25) a sexta-feira (27), as palestras “Auditoria Governamental Fases – Planejamento – Objeto e Relatório”, “Auditoria Governamental – Prática” e “Auditoria Governamental – Apresentação dos Trabalhos” serão abordadas pela instrutora Lúcia Magalhães.

Os inscritos que participarem da programação completa terão direito a certificado de 30 horas complementares.

Texto: Dionisson Garcia