Amazonas Notícias

Escola Estadual de Atendimento Específico sedia 1° Encontro do Dia do Orgulho Autista

Professores e alunos da rede estadual se reuniram, nesta sexta-feira (21/06), no “1° Encontro do Dia do Orgulho Autista: quando talentos superam dificuldades”, que ocorreu na Escola Estadual de Atendimento Específico (EEAE) Mayara Redman Abdel Aziz, na zona centro-sul de Manaus. O evento foi coordenado pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar e contou com transmissão do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam).

O encontro, em alusão ao Dia Mundial do Orgulho Autista, comemorado em 18 de junho, teve como principal finalidade oportunizar um momento de sensibilização e orientação aos professores das Salas de Recursos Multifuncionais, da rede estadual, e demais profissionais da educação interessados no atendimento educacional, que atendam estudantes com o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Além dos educadores e estudantes, também estiveram presentes os pais de diversos alunos. O evento transmitido pode ser visto no link: https://www.youtube.com/watch?v=yfwjyfiTXHQ.

De acordo com a coordenadora do Centro de Apoio Educacional Específico (Caesp) da Secretaria de Educação, Adriana Magalhães, o encontro marca um momento de celebração, mas também de compartilhamento de experiências e reflexões para os docentes e discentes.

“Nós estamos, aqui, para conversar, para fazer esse diálogo, e  conseguir enxergar que a caminhada realmente é trabalhosa, mas ela também tem êxitos. Podemos mostrar que eles, enquanto alunos, também têm a colaborar com o nosso trabalho. Eles têm ideias maravilhosas”, afirmou.

Segundo a gerente da Gerência de Atendimento Educacional Especial (Gaee) da Secretaria de Educação, Hellen Prata, o evento é relevante para lembrar que, apesar das dificuldades, os estudantes com TEA sempre superam as adversidades.

“Nós concentramos sempre o nosso olhar para as dificuldades e esquecemos das potencialidades. A gerência, juntamente com a Mayara Redman (Escola Estadual de Atendimento Específico), vem buscando dentro das escolas esse olhar específico, pela busca das superações. Eu acho que esse é nosso maior objetivo”, declarou.

O encontro contou com rodas de conversa, com professores e alunos, sobre as Salas de Recursos Multifuncionais e as experiências compartilhadas entre eles. Na mesa de abertura, estiveram presentes, além da coordenadora do Caesp e da gerente da Gaee, a diretora do Departamento de Políticas e Programas Educacionais (Deppe), Jane Bete Nunes, e a diretora da EEAE Mayara Redman, Adriana Boh.

Para o aluno com TEA, Marcos Paulo da Silva Pimentel, que está na 7ª série na Escola Estadual (EE) Eliana Socorro Pacheco Braga, localizada na zona norte da capital, o encontro representa mais um grande passo para as conquistas das pessoas com autismo.

“Olha só o que a gente conseguiu construir até agora. Tudo isso foi com a nossa perseverança, com a nossa capacidade de sonhar. Eu fico imaginando como deve ser para primeira pessoa que realmente lutou para isso, saber que a gente chegou até aqui. A gente ainda tem muita coisa para viver. Eu tenho um grande futuro pela frente”, disse.

FOTOS: Hitalo Kleto / Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar

Relacioandos