Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Escola estadual promove mostra literária na zona norte de Manaus

“Rodízio Literário” apresentou quatro formas diferentes de entender as manifestações do Arcadismo

Os estudantes da Escola Estadual (EE) José Bernardino Lindoso, localizada na zona norte da capital, apresentaram nesta terça-feira (24/11) quatro formas diferentes de entender o principal movimento literário do século XVIII, o Arcadismo. Os alunos do Ensino Médio, expuseram aos participantes e visitantes do evento as principais manifestações árcades por meio de quatro estações: Jogos, Tecnologia, Artes e Teoria.

O projeto é parte do Programa Ciência na Escola (PCE), iniciativa que visa aprimorar a qualidade do ensino de Ciências nos cursos Fundamental e Médio das escolas públicas brasileiras, que neste ano têm como o foco as metodologias ativas.

“O ano de 2020 tem sido atípico em muitos aspectos, as ferramentas não param de se multiplicar e, com criatividade, boa parte delas pode ser usada em favor da Educação. Vimos como nos adaptamos a novas metodologias, nos reinventamos, e por isso resolvemos apresentar as nossas vivências e experiências através desse projeto”, disse Gisele Ribeiro, professora responsável pela atividade.

Realizada de forma presencial e virtual, a mostra permitiu aos estudantes e professores debater e apresentar os resultados das pesquisas desenvolvidas durante o ano letivo.

“Essa foi a forma que encontramos para incluir todos os alunos que estão no ensino remoto e também de estimular estes estudantes que estão presencialmente na escola”, reitera a professora.

Estações – Cada sala apresentou uma atividade sobre um determinado segmento do Arcadismo. A primeira estação foi a de Jogos, na qual os alunos produziram um caça-palavras e um tabuleiro humano, onde os participantes respondiam perguntas sobre o tema. A segunda estação foi a da Tecnologia, na qual os alunos produziram um vídeo sobre o movimento literário do século XVIII, e ao final apresentaram o resultado para os visitantes.

Na terceira estação, as Artes foram o foco principal, e os estudantes realizaram uma releitura das obras que revelam aspectos do Arcadismo, como o bucolismo e o “carpe diem”. Eles criaram ainda um painel no estilo mangá e recitaram o texto de “Marília de Dirceu”, de Tomas Antônio Gonzaga, um dos principais autores da época. Ao final, apresentaram suas habilidades artísticas em forma de desenho.

Na última estação, foi a vez da Teoria ganhar espaço: foram apresentados slides sobre o movimento literário, numa apresentação em que todos os participantes, assim como o ambiente, estavam caracterizados de gregos, já que a Grécia Antiga era uma das inspirações do Arcadismo.

Estímulo – Aluna do 1º ano, Pamela Evelyn, conta como o trabalho diferenciado estimula cada vez mais o aprendizado. “Eu achei bem interessante a forma como cada turma abordou as fases do Arcadismo. Sem dúvida ter outras formas de entender o assunto auxilia muito mais no aprendizado”, conclui.

Premiação – Após as apresentações, todos os participantes podem interagir via redes sociais, através de enquetes e votações, a partir das quais será anunciada a turma vencedora. A turma receberá uma premiação simbólica, a fim de estimular os alunos cada vez mais a se envolver nas atividades escolares.

FOTO: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

-publicidade-