Amazonas Notícias

Escolas bilíngues comemoram o festival tradicional japonês Bon Odori

Nesta sexta-feira (01/09), a Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Profª Jacimar da Silva Gama, bilíngue de japonês, realizou uma atividade com os estudantes da 1ª série do Ensino Médio em comemoração ao festival tradicional nipônico de verão Bon Odori.

Para comemorar o festival, os estudantes realizaram apresentações de dança com músicas tradicionais tocadas no Bon Odori. Além dos estudantes e professores da escola, a apresentação contou com a presença dos pais dos alunos, do grupo Fuugakazan Taiko, composto por instrumentistas de tambores tradicionais e com professores do projeto Nihongo de Manacapuru (distante 98,8 quilômetros de Manaus).

A gestora da EETI Jacimar Gama, Lidiane de Souza, afirmou que a celebração do festival na escola busca mostrar aos pais dos estudantes que, além da língua, a EETI busca imergir os estudantes na cultura japonesa.

“A nossa escola por ser bilíngue japonesa incluiu o festival no nosso calendário desejando também que os pais e os alunos realizassem essa imersão na cultura. Também desejamos celebrar a vida, comemorar as pessoas que passaram pela nossa história e mostrar aos pais que não é apenas a questão da língua que nós ensinamos aqui”, explicou a gestora.

O Festival

Enquanto o grupo Fuugakazan tocava as músicas, os alunos se apresentaram no pátio da escola. O festival também contou com o concurso de “Matsuri Dance” onde os professores da escola avaliaram a apresentação dos estudantes.

A aluna da 1ª série Hanna Mendes, de 15 anos, que está tendo contato com o ensino bilíngue pela primeira vez esse ano, se sentiu bastante emocionada com o festival. 

“Eu estou fazendo minha primeira série do Ensino Médio aqui no Jacimar,  então viver esse momento é bastante emocionante e divertido. Eu consigo sentir a energia de todos”, contou a aluna.

O professor de Letras Japonesa do projeto Nihongo de Manacapuru, Warleyson Lima, foi convidado a assistir o festival junto dos outros professores atuantes do projeto. Ele reforçou que ver os alunos vivenciando esse momento cultural é muito gratificante e contribui para o conhecimento dos alunos. 

“Eu gosto de tudo que envolve a cultura japonesa e ver os alunos participando desses tipos de evento é muito gratificante. É um trabalho em grupo com a apresentação de dança e falando o idioma, isso é muito bom. A união das culturas brasileiras e japonesas aumenta ainda mais o conhecimento dos alunos”, disse o professor.

O projeto Nihongo foi criado no ano de 2019, mas é realizado desde abril de 2023 em Manacapuru com o objetivo de levar a cultura japonesa até as escolas do município. 

ETTI Djalma Batista

Além da EETI Jacimar Gama, a Escola Estadual de Tempo Integral (Eeti) Bilíngue Djalma Batista também comemorou o festival. Nos dias 30 e 31 de agosto e 1º de setembro a escola realizou  o “7º concurso de Cosplay no Festival Cultural”.

No dia 1º, as turmas do 9º ano do Ensino Fundamental realizaram a apresentação que, além do cosplay consistiu em quiz, danças e karaokê, sendo que as apresentações de música foram todas em língua japonesa.

FOTOS: Euzivaldo Queiroz / Secretaria de Estado de Educação e Desporto

Relacioandos