As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Escolas da rede municipal participarão da Semana de Ciência e Tecnologia da Ufam

Três unidades de ensino da rede municipal participarão como visitantes da 7ª edição da Semana de Ciência e Tecnologia do Instituto de Ciências Exatas (SECT-ICE), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Com o tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”, o evento é direcionado a alunos de graduação, pós-graduação e do ensino básico, além de professores e pesquisadores da comunidade amazonense. A abertura oficial foi realizada nesta sexta-feira, 18/10, no auditório Rio Amazonas, da Ufam, zona Leste.

A escolha da temática foi motivada pelo desenvolvimento sustentável do Brasil representado pela bioeconomia e na sua relação com a Agenda 2030, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Além das três escolas visitantes, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participará da SECT com o grupo de Ukulelê das Ocas do Conhecimento.

Durante a abertura, a secretária de Educação, Kátia Schweickardt, ressaltou os resultados alcançados pela Semed em iniciação científica e a importância da formação dos profissionais que atuarão futuramente na rede municipal de ensino.

“Conforme a política educacional adotada pela gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto, nos últimos anos, a rede municipal tem avançado na produção científica e tivemos um apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). Conseguimos, neste ano, aprovar 110 projetos no Programa Ciência na Escola (PCE). Em 2018, foram 86. São professores da rede básica que formam crianças e adolescentes iniciantes nas pesquisas”, informou a secretária, que também abordou a importância da alfabetização na formação de novos cientistas.

“Para formação de bons cientistas é necessário alfabetizar os alunos e iniciá-los nas ciências básicas, letramento matemático e linguagens”, acrescentou.

Mobilização

O objetivo da SECT é divulgar as atividades de ensino de graduação e pós-graduação, pesquisa e extensão desenvolvidas pelos cursos do ICE, novas tendências e tecnologias nas áreas do conhecimento do ICE, atrair novos talentos e estreitar a interação com as outras instituições de ensino amazonense. Por conta disso, Karime Rita de Souza Bentes, uma das organizadoras, ressaltou a importância da presença dos jovens na semana.

“O que nós buscamos é mostrar a eles essas ferramentas, que existe ciência dentro da universidade, e que a mesma é desenvolvida com essas ferramentas das ciências básicas. Queremos atrair os jovens para a universidade, para que eles venham estudar ciências conosco”, pontuou.

Uma das estratégias para atrair o público é a Feira de Matemática, que está em sua segunda edição. Durante a SECT, também acontecerão apresentações dos trabalhos desenvolvidos nessa feira e a abertura das portas dos laboratórios, para que a comunidade possa conhecer a pesquisa que é realizada.

Dessa forma, como define o reitor da Ufam, Sylvio Puga, a comunidade, principalmente os estudantes da educação básica, como é o caso dos alunos da rede municipal de ensino, poderão conhecer diversos projetos que despertam a consciência ambiental e assim disseminar em suas comunidades.

“No momento em que acontecem essas discussões sobre sustentabilidade, eles entendem a importância que será agregada com informações de como é possível praticar sustentabilidade ambiental e como é possível trazer cada vez mais, bons exemplos de programas e projetos nessa área, para serem disseminados na escola e na sociedade”, finalizou.

Este ano, a SECT recebeu mais de 1,3 mil inscrições, além de 200 trabalhos científicos submetidos. A semana segue até a próxima quarta-feira, 23.

Texto – Alexandre Abreu / Semed

Foto – Cleomir Santos / Semed

você pode gostar também