Escolas de Manaus vão ter canal direto com o sistema de segurança para emergências e denúncias

Lançado este ano pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), o aplicativo “Aviso Polícia” terá versões exclusivas para acionamento de emergência e denúncias de ocorrências de escolas e roubos e furtos de veículos. Com mais de 16 mil usuários ativos, o app está funcionando para denunciar ocorrências suspeitas em ônibus do transporte coletivo. Desde que foi implantando, a modalidade de crime caiu 23% de janeiro até agosto na comparação com igual período do ano passado.

De abril até agosto, 500 abordagens policiais foram feitas em coletivos a partir do acionamento dos usuários do “Aviso Polícia”, conforme dados do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A nova tecnologia está sendo criada pelo Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico da SSP.

O alerta ‘Perigo na Escola’ será disponibilizado aos gestores após cadastro e georreferenciamento da unidade de ensino. Os gestores terão acesso a um botão do pânico que poderá ser acionado, por exemplo, em casos de agressões, roubos ou qualquer outra situação suspeita.

Outra modalidade em fase de desenvolvimento é o “Roubo em Veículos”. Para utilizar, o usuário precisará fazer um cadastro de informações pessoais e do veículo. Em casos de acionamento, a polícia saberá de maneira célere quem é a vítima e poderá, ainda, rastrear e monitorar o veículo. Para isso, empresas do ramo estão participando e colaborando com o projeto.

A identificação será feita pelo número da placa do automóvel roubado, com a verificação se o veículo faz parte de alguma empresa cadastrada e caso for identificado, o rastreamento começa a ser realizado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

O monitoramento efetuado no CICC mostra que é levado em média cinco minutos para o atendimento da ocorrência, ou seja, até o momento em que a viatura chega ao local do ocorrido, como explica o chefe do Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico da SSP, Major do Corpo de Bombeiros, Marco Antônio Gama.

“Nós temos 256 viatura rastreadas, ou seja, eu consigo ver essas viaturas aqui do CICC e, a partir da localização do aviso feito pelo aplicativo, é possível enviar a viatura que esteja mais próxima. Com essa ferramenta, nós estamos conseguindo diminuir o tempo resposta da ocorrência, que normalmente acontece de 1 a 7 minutos”, explicou.

A primeira atualização do “Aviso Polícia” foi a inclusão do “Alerta Mulher”, serviço disponível àquelas mulheres que foram vítimas de violência doméstica e estão sob medidas protetivas. O serviço especial para as mulheres é realizado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (SEJUSC) e Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher da Polícia Civil.