Amazonas Notícias

Escolas do Grupo Experimental brilham na Zona Norte de Manaus

Na noite deste sábado, 17 de fevereiro, a alameda Alphaville, localizada no bairro Novo Aleixo, na zona norte de Manaus, se transformou em palco para o desfile vibrante das cinco escolas de samba do Grupo Experimental. Este evento faz parte do Carnaval do Povão, integrando a festividade maior do Carnaval da Floresta, uma iniciativa que visa descentralizar a celebração, levando a alegria do Carnaval para a região mais populosa da cidade.

Promovido pelo Instituto de Inovação Desportiva e Cultural do Amazonas em parceria com a Uni Eventos e apoiado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Amazonas, o Carnaval do Povão acontece entre os dias 16 e 18 de fevereiro. Will Oliveira, representante da Uni Eventos, ressaltou o impacto positivo do Grupo Experimental no Carnaval de Manaus, apontando para o aumento da competitividade e a injeção de novas energias nas disputas entre as agremiações.

Entre as espectadoras, Lene Miranda, musa da escola de samba Dragões do Império, destacou o valor da amizade e da participação comunitária, evidenciando o entrelaçamento do Carnaval com as relações sociais locais. Comerciantes como Paulo Sérgio, que encontraram no evento uma oportunidade de ampliar seus rendimentos, também compartilharam do entusiasmo pelo impacto econômico positivo do evento.

Os desfiles das escolas do Grupo Experimental trouxeram temas variados e ricos culturalmente. A Marquesa Imperial encantou o público com um mergulho no mundo de “O Mágico de Oz”, enquanto a União Leste abordou a crucial questão da reciclagem e preservação ambiental com o enredo “Do lixo ao lucro”. A G.R.E.S. do Amor celebrou as cores e significados de sua bandeira, e a Império do Cajual homenageou as tradições e figuras icônicas do Nordeste brasileiro. Encerrando a noite, a Mocidade da União exaltou a riqueza dos cultos afro-brasileiros com uma apresentação dedicada às linhas de Umbanda.

A expectativa pelo resultado, que será anunciado na apuração deste domingo (18/02) às 16h, é alta entre os participantes e apoiadores. O evento não só serve como um destacado momento de celebração cultural, mas também reafirma o Carnaval como um espaço de expressão para as mais diversas vozes da comunidade, promovendo a inclusão, a tradição e a inovação.

Relacioandos