As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Escolas estaduais se mobilizam para o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Nesta semana, as escolas públicas estaduais do Amazonas mobilizaram suas comunidades, familiares de estudantes, professores, funcionários e o público em geral para ações de sensibilização objetivando o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Nesta sexta-feira, dia 20, as ações de mobilização contaram com uma exposição de projetos realizada na escola estadual Dom João de Souza Lima, localizada na avenida Timbiras, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.
No Amazonas, a campanha contou com a adesão maciça das escolas estaduais e foi fortalecida por atividades realizadas no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes: 18 de maio.

A campanha foi viabilizada pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Manaus, sob a organização da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) Secretaria de Estado e de Justiça e Diretos Humanos (Sejus), Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh).

Na atividade realizada na escola estadual Dom João de Souza Lima, a psicóloga e gerente de Programas, Projetos e Atendimento a Escola da Seduc, Adriana Boh, fez um balanço acerca da campanha, apontando sua repercussão social. “A campanha fortalece o que é trabalhado em todo o decorrer do ano nas escolas. Com as diversas atividades realizadas, que incluíram palestras, oficinas e caminhadas de sensibilização, além de demonstrar para a sociedade que devemos discutir a problemática, buscamos oferecer a orientação educativa visando a prevenção”, explicou Adriana Boh.

A gerente explicou que, assim como a escola estadual Dom João de Souza Lima, diversas unidades públicas estaduais e municipais de ensino realizaram atividades temáticas e de mobilização. “Neste dia 20 e no decorrer da semana, as escolas realizaram trabalhos transversais e interdisciplinares, levando instruções educativas aos alunos e às suas famílias. Esse é um trabalho que terá continuidade”, afirmou.

Mobilização – Ruth Farias, 29, mãe de uma das estudantes da escola estadual Dom João de Souza Lima, disse que campanhas como esta, tem grande importância, uma vez que dão suporte aos pais. “A partir das informações a nós repassadas, poderemos dialogar e instruir, devidamente, nossos filhos”, comentou.

Ao participar do evento escolar, a representante do Conselho Tutelar da zona norte, Fabíola Reis, disse que a integração entre diversos organismos representativos da sociedade é essencial. “Para que realmente possamos sensibilizar e conscientizar as pessoas, a integração é necessária. Fazemos questão de participar deste trabalho, cuja repercussão social é muito válida”, concluiu.