Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Estação de Transferência Parque das Nações passa por teste e prefeito garante entrega para início de dezembro

Com 100% da obra concluída, a segunda estação de passageiros construída pela Prefeitura de Manaus no pacote de obras de mobilidade urbana, a estação Parque das Nações, tem previsão de entrega à população na primeira sexta-feira de dezembro, 4/12. Nesta quinta-feira, 26/11, a estrutura passou pelo seu primeiro teste operacional e o prefeito Arthur Virgílio Neto acompanhou o processo.

“Vamos fazer os testes com o Sinetram (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas), para ver se todos os sensores estão funcionando corretamente e já estão sendo reguladas as catracas. Estou determinando também a implantação de uma faixa de marcação para motoristas e passageiros, para que o embarque e desembarque sejam feitos com muita segurança, sem qualquer risco às pessoas”, disse o prefeito.

Operadores do sistema fizeram as primeiras checagens em catracas e sensores e na próxima segunda-feira, 30/11, a obra será entregue ao Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), para a definição de todas as rotas.

A Estação Parque das Nações integra o pacote de obras para a melhoria da mobilidade urbana, em execução pela Prefeitura de Manaus, que contempla outras três estações, uma já em funcionamento (estação São Jorge, na avenida Constantino Nery, e outras duas em construção, com previsão de entrega na segunda quinzena de dezembro), além de dois complexos viários, construção de mais dois terminais de integração, novas plataformas, além da recuperação do sistema viário da cidade.

As três obras das Estações de Transferência acontecem simultaneamente e vão integrar o sistema de mobilidade urbana do corredor Sul/Norte, a partir dos terminais 6 (Lagoa Azul) e 3 (Cidade Nova), ao centro da capital, além da inclusão de 300 novos ônibus.

“É uma obra interligada às outras. São as estações de transferências, as plataformas, os terminais, os anéis viários e o recapeamento. É uma infraestrutura para deslanchar na mobilidade urbana. Estou preparando tudo isso para que o futuro não nos decepcione, que venha com pessoas capazes de dar esse ponto de inflexão mais para cima e não dê uma volta atrás, como lamentavelmente é pratica na vida pública brasileira”, apontou Arthur Neto.

Até dezembro, o prefeito vai entregar um grande número de obras e, nos últimos dias, tem realizado, diariamente, visitas de inspeção às obras em andamento. “Em dezembro, vocês verão um festival de inauguração e essa é a parte mais fácil. Mas também estou empenhado em acompanhar o andamento de todas elas. Faço as duas coisas com muito prazer, porque ambas representam o meu amor por Manaus”, afirmou.

Texto – Jacira Oliveira / Semcom

Foto – Alex Pazuello / Semcom

-publicidade-