Amazonas Notícias
Amazonas Notícias

O Grupo Estácio anuncia a ampliação física em Manaus, com a instalação de uma nova unidade na zona Norte, que já começará a funcionar a partir de janeiro de 2016. A informação é do diretor do grupo na região Norte, Adriano Remor, que esteve nesta quarta-feira, 01, na capital amazonense.

Segundo ele, a Estácio aguarda apenas a autorização do Ministério da Educação para iniciar a construção da nova unidade, a partir do mês de agosto. “Estamos na fase final do processo de autorização, com todas as exigências já cumpridas. Falta apenas a assinatura do ministro da Educação. Isso deve ocorrer ainda este mês”, afirmou.

O investimento inicial para a instalação da nova unidade será de R$ 2 milhões. Nos primeiros nove meses de operação em Manaus, o Grupo Estácio, que começou a funcionar no Amazonas em outubro do ano passado, investiu R$ 1,5 milhão na melhoria da estrutura de suas duas unidades na cidade. Até o final deste ano, mais R$ 1 milhão será disponibilizado para aquisição de equipamentos e ampliação dos laboratórios.

De acordo com Adriano Remor, a escolha da Zona Norte para a nova unidade segue a tendência das grandes capitais do Brasil, que estão descentralizando a oferta de serviços. O diretor ressalta que, há 20 anos, para fazer compras em Manaus as pessoas se dirigiam somente ao Centro da cidade. “A realidade mudou e o setor de educação também deve acompanhar essa tendência. Com a oferta de serviço mais próxima de onde está concentrada grande parte da população manauara, vamos estar colaborando também com a mobilidade do trânsito”, acrescentou.

Na nova unidade serão oferecidos cursos nas áreas de gestão, engenharia e licenciatura. “A opção por ofertar capacitação nessas áreas se deve à demanda do Polo Industrial de Manaus. A vocação de Manaus para as áreas de gestão e engenharia faz com que a Estácio planeje ampliar sua atividade nesse campo”, enfatizou.

O diretor destacou que esta semana a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação do Ensino Superior, do MEC, publicou portaria reconhecendo mais de 100 cursos superiores no Brasil. Dentre eles, estão dois da Estácio Amazonas – Gestão de Recursos Humanos e Farmácia, que receberam notas 4 e 3, respectivamente. “Para nós isso é mais um motivo de orgulho e demonstra que nosso trabalho está dando certo”, declarou.

Sobre a Estácio

A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil completa este ano 45 anos de atuação no segmento de ensino superior. Fundada em 1970 no Rio de Janeiro, a Estácio está, hoje em dia, presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 527 mil alunos matriculados e uma estrutura de cinco mil colaboradores e nove mil professores.

A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e a distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu.Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição, são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São, também, desenvolvidos e ofertados pela instituição cursos técnicos de preparação (PRONATEC), soluções de educação para empresas e cursos de extensão.

Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados com as necessidades do mercado de trabalho e a evolução profissional dos nossos alunos e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here