As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Estagiários de Pedagogia participam do ‘2º Encontro Formativo dos Experimentos Científicos’

A Prefeitura de Manaus realizou nesta sexta-feira, 24/5, o 2º Encontro Formativo dos Experimentos Científicos do Programa de Gestão da Alfabetização (PGA) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), com o tema “A luva que cria a vida”. A qualificação, que contou com a participação de 200 estagiários, aconteceu na Universidade Paulista (Unip), Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.

O programa, desenvolvido em parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS), atende 12 mil alunos do 3º ano do ensino fundamental, de 76 unidades de ensino do município. Os estagiários, a partir do 5º período de Pedagogia, têm o incentivo de uma bolsa no valor de R$ 932 por até dois anos, com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

No total, serão quatro encontros formativos. O primeiro foi em março e os próximos estão programados para julho e setembro. O coordenador do PGA na Semed, Francinaldo Mendes, disse que, em cada encontro formativo, são trabalhados quatro experimentos científicos diferentes, o que totaliza, ao final do ano, 16 experimentos. Segundo ele, a participação dos estagiários é essencial, porque a temática faz parte do processo de ensino-aprendizagem.

“É muito importante trabalhar com experimento científico em sala de aula, porque a ciência precisa ser popularizada e fazer parte da vida do cidadão. Quanto mais cedo inserir a criança no mundo da ciência, ela se tornará um cidadão crítico, reflexivo, opinativo, de posicionamento, autonomia e terá sua própria identidade própria”, comentou.

De acordo com a formadora do encontro, a assessora de ciências Márcia Seixas de Castro, da Divisão de Ensino Fundamental (DEF) da Semed, esse trabalho com os estagiários é necessário para qualificar mais ainda no trabalho em sala de aula.

“Os estagiários estão levando esse experimento científico baseado nos conteúdos da proposta da Semed. Em cada encontro, enfatizamos os assuntos de cada bimestre, fazendo a relação direta com as aulas teóricas do professor. A ideia é também desenvolver o espírito investigativo dos alunos”, disse.

A estagiária Gesilma Souza da Cunha, da escola municipal Maria Leide Amorim, na BR-174, Km 4, na comunidade São João, zona rural, participou do encontro pela segunda vez e disse que todo aprendizado é bom, pois os 139 alunos do 3º ano do programa serão os beneficiados com ações pedagógicas. “Essa questão dos experimentos é de suma importância para o desenvolvimento da criticidade e também da prática pelos alunos”, contou.

O estagiário assistente Marcos Bezerra de Sousa, da escola municipal Honorina Vasconcelos, bairro São José, zona Leste, que participou pela primeira vez, ficou entusiasmado com as informações do encontro e prometeu aplicar o conhecimento em sala de aula.

“A importância dessa formação é de desenvolver o que o professor já passa em sala de aula. Enquanto ele explica a teoria, nós levamos o conhecimento prático, tornando o assunto mais compreensível para o aluno”, finalizou.

Programa de Alfabetização

O Programa de Alfabetização da Semed trabalha para atingir a meta número 5 do Plano Municipal de Educação, que determina até 2024 que todas as crianças sejam alfabetizadas ao final do 3º ano do ensino fundamental.

Para isso, serão realizadas três avaliações, uma no início do ano letivo, outra na metade e a última no final do ano, que vão diagnosticar o nível de desenvolvimento do aluno.

De acordo com as metas da Prefeitura de Manaus, a ideia é chegar em 2021 com 100% dos alunos da rede alfabetizados e, para alcançar esses resultados, serão utilizadas ferramentas como a Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE), Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA).

Texto – Paulo Rogério/Semed

Foto – Cleomir Santos/Semed

você pode gostar também