Take a fresh look at your lifestyle.

Estrela do Norte e Unidos do Alvorada empatam por 4 a 4 na semifinal da Série Ouro; vaga na final indefinida

-publicidade-

Num clássico cheio de polêmica, Estrela do Norte e Unidos do Alvorada empataram por 4 a 4 na noite desta terça-feira, 18 de outubro, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, em duelo válido pelas semifinais da Série Ouro do Campeonato Amazonense de Futsal Adulto Masculino 2016. O jogo foi paralisado quando faltavam quatro minutos para o apito final – o árbitro principal Genilson Ferreira da Silva alegou falta de segurança, já que após o empate do Alvorada houve invasão à quadra e bombas foram atiradas em direção à torcida da equipe da Zona Leste de Manaus.

Dentro das quatro linhas, emoção o tempo todo e coração na mão. A equipe do Alvorada saiu na frente com um gol de Ozemar Júnior, cobrando falta no começo do primeiro tempo. Na sequência o time do São José 3 marcou três gols seguidos, sendo dois de Thiago Baiaca e um de Bob. O Alvorada diminuiu para 3 a 2 com André Esquisito, mas o Estrela do Norte virou a primeira etapa vencendo por 4 a 2, novamente com o artilheiro da noite Thiago Baiaca.

No segundo tempo, o Estrela do Norte teve amplo domínio e teve diversas chances de “matar” o adversário por goleada. Mas como não fez, o castigo veio a jato. O Alvorada diminuiu para 4 a 3 com uma pintura de Pedrinho, que driblou o marcador e deu um toque de classe que encobriu o goleiro e a defesa adversária. Faltando cinco minutos para o fim da etapa, o time azul e branco empatou por 4 a 4 com Kelvin.

E quem fica com a vaga na final?
A Federação Amazonense de Futsal (FAFs) deve se pronunciar sobre o caso durante esta quarta-feira, 19 de outubro, após receber o relatório da arbitragem com a narração dos fatos ocorridos na Arena Amadeu Teixeira.

Além das bombas lançadas em quadra por seus torcedores, pesa contra o Unidos do Alvorada a tentativa de agressão do dirigente chamado Biscoitão à diretora de arbitragem Andreza Azevedo no intervalo da partida. Ele também quebrou uma cadeira destinada aos anotadores, sendo expulso do banco do Alvorada devido à indisciplina.

A vaga na final, portanto, está indefinida até o pronunciamento oficial da FAFs. O empate favorece o Estrela do Norte, que teve a melhor campanha na primeira fase da Série Ouro.

Outra semifinal
A segunda semifinal da Série Ouro acontecerá no dia 25 de outubro, também na Arena Amadeu Teixeira, a partir das 20h, com Abílio Nery e Recanto da Criança.

Os vencedores das semifinais jogam a grande final no dia 1 de novembro, valendo vaga na Taça Brasil de Clubes de 2017.

-publicidade-