As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Eventos culturais gratuitos para aproveitar o fim de semana em Manaus

Teatro, dança, cinema, artes plásticas, performance circense e música são as linguagens que vão ocupar os espaços culturais administrados pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa durante o fim de semana. Todos os eventos são gratuitos. Confira e divirta-se!

Sexta-feira (29/11)

9h – O Centro Cultural Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro) recebe o “Matapi – Mercado Audiovisual do Norte”, evento que visa incentivar o empreendedorismo junto aos profissionais e estudantes de audiovisual da região Norte, fomentar a cadeia produtiva do setor por meio da inovação e novos modelos de negócios, além de aproximar novos atores do mercado, como os profissionais de games e jogos digitais. Gratuito, o Matapi vai possibilitar intercâmbio entre os realizadores, produtores e players, por meio de palestras, oficinas, consultorias, rodadas de negócios e pitchings abertos e com players regionais, nacionais e internacionais. A programação continua no dia 30. Classificação indicativa: 14 anos.

14h – A tradicional “Tarde Dançante” acontece na Praça Central do Centro de Convivência do Idoso – Ceci Aparecida (rua Wilkens de Matos, s/nº), com muito bolero até 19h. Entrada gratuita. Classificação indicativa: 16 anos.

18h – No Centro Cultural Usina Chaminé (avenida Manaus Moderna, s/nº, Centro), tem apresentação de “A morta”, espetáculo contemplado no Edital Amazonas Cênico, inspirado livremente no conto homônimo de Guy de Maupassant e encenado pelo Núcleo de Práticas Meditativas no Treinamento do Artista (Nupramta-UEA). Não recomendado para menores de 18 anos. Entrada gratuita.

18h30 – No Teatro Gebes Medeiros (Ideal Clube, avenida Eduardo Ribeiro, 937, Centro), acontece a 3ª Mostra Sesc de Cinema, com exibição de sete curtas-metragens divididos em dois panoramas: Brasil e Norte, e Amazonas. Dentro do Panorama Brasil e Norte serão exibidos “Da curva pra cá” (ES), “Guará” (GO) e “Chamando os ventos: por uma cartografia dos assobios” (PA). No Panorama Amazonas serão exibidos “Zana – Filho da mata”, “No rio das borboletas”, “Príncipe da encantaria” e “O céu dos índios Desâna e Tuiuca”. Entrada gratuita.

19h – Na Galeria do Largo (rua Costa Azevedo, 290, Centro) tem a abertura da exposição “Planos Íntimos”, de Sérgio Andrade. Conhecido por seu trabalho no cinema, Sérgio Andrade mostra sua vertente de artes plásticas. Em “Planos Íntimos”, há croquis e scratches feitos entre uma filmagem e outra, esboços inspirativos para personagens e sequências, e tem palavras também, jogadas, salpicadas, molhadas de cores. As telas em vários tamanhos acabam por resgatar o artista para a filigrana de um academicismo ou da figuração pensada, mas o conjunto dos elementos são como um roteiro. Acesso gratuito.

19h – O Centro Cultural Usina Chaminé recebe também o espetáculo “Risco”, contemplado no Edital Amazonas Cênico, e que tem como contexto a metafórica das sensações e sentimentos que o corpo sofre a partir das adaptações em lugares e em instabilidades que se depara. Permitindo-o interagir ou se excluir do convívio nesta constante e cotidiana vida. Classificação livre e acesso gratuito.

20h – No Teatro Amazonas tem apresentação de “Balés Brasileiros”, espetáculo da Série Guaraná XVI que reúne o Balé Jovem Claudio Santoro, Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, Corpo de Dança do Amazonas, Coral do Amazonas e Amazonas Filarmônica, sob regência do maestro Luiz Fernando Malheiro. Com duração de duas horas, “Balés Brasileiros” apresenta “Alvorada na Floresta Tropical” (Heitor Villa-Lobos), com coreografia de Sumaia Farias; “Romance das Icamiabas” (Nivaldo Santiago), com coreografia de Monique Andrade; “Imbapara” (Oscar Lorenzo Fernández), com coreografia de Adriana Goes; e “Maracatu de Chico Rei” (Francisco Mignone), com coreografia de Nonato Melo e Remilton Souza. Entrada gratuita e classificação indicativa para 10 anos.

Sábado (30/11)

9h – O aniversário de 119 anos do Museu de Numismática terá programação durante todo o dia no Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, s/nº, Centro). Além da visita guiada pelo Museu – cujo acervo conta com mais de 35 mil peças, entre moedas, medalhas, cédulas, condecorações e selos –, haverá exposição de diversos colecionadores; palestra “A Numismática e a Arqueologia”, com Dênio Mota, gerente do Museu de Numismática, e o arqueólogo Mick Jone Nogueira; Seminário de Regência de Banda, conduzido pelo maestro Marcelo Vieira, da Banda Sinfônica do Amazonas; palestra “O Olhar Fotográfico”, com Sérgio Corrêa e Rômulo Trindade. Às 18h, inicia a parte musical do evento, com show o “Romances & Lendas”, da Banda Encante; e concerto da Banda Sinfônica do Amazonas. As atividades são gratuitas e vão até 21h30.

17h – O Parque Rio Negro (rua Beira Mar, 121, São Raimundo) receberá o “Roda na Praça”, projeto que leva o riso, a arte e a empatia para as praças de Manaus. É composto por artistas locais que desenvolvem pesquisas em diferentes linguagens artísticas, como palhaço, dança contemporânea, dança aérea, circo e performance; aproximando assim, a arte do público e resgatando praças públicas por sua função primordial: uma área de convívio e de troca. O projeto foi contemplado no Edital Amazonas Cênico. Acesso gratuito.

18h – No Centro Cultural Usina Chaminé será apresentado “Via Nordeste”, espetáculo contemplado no edital Amazonas Cênico 2019, e que mostra a trajetória sofrida da migração nordestina para a Amazônia, iniciada com o surgimento do ciclo da borracha. Entrada gratuita e classificação livre.

18h30 – No Cineteatro Guarany (Vila Ninita, anexo ao Palácio Rio Negro, na avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro), tem mais uma edição do “Cineclube de Arte” que, nesta semana apresentará a “Mostra da Memória Amazonense Contemporânea”, com a exibição de “O Fantástico Cinema de Eduardo ‘Nativo’ Gomes”, integrando os curtas “Green soul”, com direção de Pablo Potter e Eduardo ‘Nativo’ Gomes; “Hunter”, dirigido por Gomes; “One stranger rock”, de Graham Booth, Christopher Riley e Stacey; e “Green soul – BTS”, com direção de Potter e Gomes. Entrada gratuita e classificação livre.

Domingo (1º/12)

10h – O espetáculo “Menino do Quintal” será apresentado no Teatro Gebes Medeiros, com entrada gratuita. Na peça, contemplada no Edital Amazonas Cênico, Tico-Tico, Formiga e Pá de Moleque são personagens inspirados na infância, motivados por brincadeiras, sem muitos recursos, mas também sem economia de imaginação, com a presença da vovó que no fundo sabe que sujeira de quintal é boa e ajuda a crescer. Claro que não pode faltar o cachorro, o gato e a hora de dormir ao entardecer.

17h – No Largo de São Sebastião, será apresentada “A magia do circo”, performance com um número de pirofagia, que consiste na arte de manipular o fogo. Em um segundo momento, dentro da apresentação, ocorrerá uma performance circense de perna de pau, onde o artista apresenta características técnicas distintas em virtude da particularidade da sua apresentação, demonstrando uma grande habilidade de equilíbrio corporal. Acesso gratuito e classificação livre.

19h – No Teatro da Instalação (rua Frei José dos Inocentes, s/nº, Centro), a Companhia Arte em Movimento Zona Cultural, em parceria com a Casa da Mamãe Margarida, apresenta “A Casa das Meninas Mortas”, que conta a história de meninas mortas pelo olhar e fúria da sociedade moderna e que habitam uma casa-fantasma no meio da floresta. Na casa-fantasma, Alice (não a do conto de fadas) e todas as almas-meninas solitárias, estupradas, encontram Marina, uma menina Baniwa que invadiu a fria residência durante a fuga de um estupro. Alice aprisiona Marina tentando, de todas as formas, roubar sua identidade cultural e seus motivos para continuar a existência. Entrada gratuita. Não recomendado para menores de 14 anos.

19h – No Teatro Gebes Medeiros, Roberto Shamanti comandará mais uma edição do “Domingo Autoral”. O músico, compositor e violonista, natural de Santarém (PA), e radicado há mais de 20 anos no Amazonas, apresentará suas composições, algumas em parceria com outros compositores amazonenses. No repertório, canções como “Receita de Amor”, “Amor Ímpar”, “Passarinho Beijamor”, “Águas de Oxum” e “Convite”. A artista convidada da noite será Bia de Santa Maria, compositora amazonense que apresentará quatro de suas músicas “Garota complicada” e “Passarada”, em parceria com Shamanti; e “Paz do meu lugar” e “Meu”. Entrada gratuita.

19h – No Teatro Amazonas tem o encerramento da temporada do espetáculo “Balés Brasileiros”, com o Balé Jovem Claudio Santoro, Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, Corpo de Dança do Amazonas, Coral do Amazonas e Amazonas Filarmônica, sob regência do maestro Luiz Fernando Malheiro. Entrada gratuita e classificação indicativa para 10 anos.

FOTO: Michael Dantas

você pode gostar também