Condenado em segunda instância a 20 anos de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) se entregou às autoridades na tarde desta quarta-feira (23), em Belo Horizonte.

Mais cedo, o tucano havia sido considerado foragido pela Polícia Civil, visto que tinha o paradeiro desconhecido.

Azeredo é o único político condenado e preso pelo chamado “mensalão tucano”, esquema que teria desviado recursos para campanha eleitoral do ex-governador em 1998.

Com informações do Minuto ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here