Na próxima semana, a capital amazonense receberá uma série de exposições de arte e fotografia abertas gratuitamente ao público. O que impulsiona a realização das mostras é a Virada Sustentável Manaus, maior festival de sustentabilidade da América Latina, que ocorre nos dias 26, 27 e 28, com atividades em todas as zonas da cidade.

A exposição “Uýra, a Árvore que Anda”, do artista visual Emerson Munduruku, é a primeira a entrar em cartaz. Sob curadoria de Keila Serruya e identidade visual por Marcelo Nobre e Mendes Auá, a mostra traz as linguagens de fotografia, vídeo e instalação, e é baseada em acervo pessoal da drag queen Uýra Sodoma, “uma entidade em carne de bicho e planta que habita e reflete Manaus”, conforme conceitua o próprio artista. As imagens são assinadas pelos fotógrafos Matheus Belém, Selma Maia, Keila Serruya, Lisa Hermes, Ricardo Oliveira e Paula Moraes.

A partir do olhar para a cidade e para a floresta, a exposição propõe repensar o que a sociedade chama de “natural”. A abertura será no dia 26, às 19h, no Centro de Artes Visuais Galeria do Largo, no Centro. As obras ficarão disponíveis para visitação até o dia 30 de setembro.

Nos dias 27 e 28, a Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável Jovem da Amazônia (SDSN Youth Amazonia, em inglês) realizará uma mostra com objetivo de difundir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) por meio da fotografia e expressão artística. O material que compõe a exposição é colaborativo e foi selecionado através de um concurso. As imagens retratam a Amazônia e o alcance dos ODS na região, e ficarão expostas das 8h às 17h, no Terminal de Integração de Ônibus 5, no São José Operário, Zona Leste da cidade.

O Bosque da Ciência, no bairro de Petrópolis, Zona Centro-Sul de Manaus, receberá duas exposições fotográficas no dia 28, das 8h às 11h. Com o tema “Nossos Pets”, uma das mostras traz mais de 60 imagens de pets feitas por alunos do Centro Educacional de Tempo Integral (CETI) Sérgio Pessoa. O principal objetivo da iniciativa foi aproximar os estudantes de seus pets e fazer as pessoas perceberem a beleza desses animais, independente de serem de raça ou vira-latas.

Já a segunda exposição, intitulada “Natureza em Foco”, retrata a biodiversidade amazônica através de fotografias, como forma de proporcionar ao público algumas das belezas e interações que são encontradas na natureza e que, muitas vezes, passam despercebidas. A mostra é organizada pela professora e bióloga, Dariene Santos.

O festival

Além de exposições, Virada Sustentável Manaus terá shows, oficinas, intervenções artísticas, ações sociais, rodas de conversas, entre outras atividades – todas gratuitas e abertas ao público. Para conferir a programação completa, basta acessar o site:www.viradasustentavel.org.br/manaus.

A quinta edição do festival, via Lei de Incentivo à Cultura, tem patrocínio da Uber Eats, Bemol e CMPC, copatrocínio da Liberty Seguros e parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Além disso, possui colaboração da Whirlpool, Honda, Votorantim, Grupo Martins/IAMAR, World Animal Protection, Instituto Sabin, Shopping Manaus Via Norte, ARMOR Brasil, Local Hostel Manaus, Local Hostel Figueiredo, Secretaria de Estado de Cultura (SEC), Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS), Agência Oto e Up Comunicação Inteligente.

É uma correalização do Instituto Virada Sustentável e Fundação Amazonas Sustentável (FAS), e realização Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Pátria Amada Brasil Governo Federal.

Foto: Divulgação