Take a fresh look at your lifestyle.

Falso advogado é preso depois de denúncia de cliente que foi enganado

-publicidade-

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando da delegada Alynne Lima, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na manhã da última segunda-feira (19/02), por volta das 11h, David José Oliveira Tavora, 34, por porte de documento falso.

De acordo com a autoridade policial, o infrator foi preso na casa onde morava, situada no Conjunto Jardim Paulista, bairro Aleixo, zona centro-sul de Manaus. A delegada explicou que as investigações em torno do caso tiveram início após um jovem de 20 anos comparecer ao prédio do 16º DIP para comunicar que havia contratado David José para representá-lo durante um procedimento criminal e descoberto, logo depois, que o homem não era advogado.

“A vítima relatou que pagou R$ 3,8 mil a David pelo serviço. Segundo o infrator, o dinheiro seria utilizado para fazer pagamentos junto à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e documentos cartorários. Desconfiado, o jovem buscou informações sobre o David José e constatou que ele não era advogado”, disse a delegada.

Logo após a denúncia, a equipe do 16º DIP se dirigiu até a casa de David José. No local, o homem apresentou documento de identificação falso. Em razão disso, a delegada deu voz de prisão ao infrator. Alynne Lima ressaltou que um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para investigar o envolvimento do homem em crime de estelionato.

David foi autuado em flagrante por porte de documento falso. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele foi encaminhado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul.

FOTO: DIVULGAÇÃO/PC-AM

-publicidade-