Falso policial é flagrado e preso em Manaus durante operação integrada do sistema de segurança

A noite de sábado (15/09) e madrugada de domingo (16/09) contaram com Operação Integrada das forças de segurança pública em toda Manaus. Em uma das barreiras montadas pelas equipes policiais, Antônio Constantino Souza e Silva, 50, foi preso se passando por policial militar. Ele estava com uma pistola dentro de um ônibus da linha 414, quando o coletivo foi abordado em frente ao prédio da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), na zona centro-sul.

Em toda a capital, a operação foi coordenada pelo secretário de segurança, coronel Anézio Paiva, e pelo comandante geral da Polícia Militar, coronel Cláudio Silva, com acompanhamento da secretária executiva de Segurança, delegada Juliana Tuma, e do secretário executivo de Operações da SSP, delegado Guilherme Torres. As ações estão articuladas com as diretrizes do programa GuardiAM 24 horas, sob o comando do secretário extraordinário, coronel Walter Cruz.

A prisão foi efetuada por policiais militares. Antônio Constantino estava com documento militar falso em nome de José Rosas da Silva, policial militar que está na reserva. Em 2012, Rosas fez um comunicado oficial da perda de seu documento. O Comando da Polícia Militar informou que vai abrir uma sindicância administrativa para investigar como o infrator obteve a documentação.

Com o infrator, os policiais apreenderam uma pistola Taurus, cinco carregadores, 60 munições, além de R$ 237,00 e dois telefones celulares. Ele não tem outras passagens pela polícia. O caso foi registrado no 12° Distrito Integrado de Polícia, no Parque das Laranjeiras, zona centro-sul.

Operação – Entre a manhã de sexta-feira (14/09) e a madrugada deste domingo, as ações policiais resultaram na recuperação de 22 veículos com restrição de roubo e furto, na prisão de 18 pessoas, apreensão de quatro menores e recaptura de um foragido. Além disso, duas armas de fogo foram localizadas.

FOTO: DIVULGAÇÃO