Com objetivo de estimular a participação de instituições, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) iniciaram visitas de apresentação do Programa Centelha, que será desenvolvido pela Fundação em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep).

A iniciativa é para apresentar o Centelha e formalizar parcerias com os principais atores envolvidos no ecossistema de empreendedorismo e inovação no estado, bem como incentivar a participação de pessoas físicas como pesquisadores e estudantes, com ideias que possam transformar-se em produtos inovadores.

Os primeiros contemplados com a visita foram os representantes da Rede Amazônica de Instituições em Prol do Empreendedorismo e da Inovação (Rami), em reunião ocorrida na terça-feira (14/5), na sede da reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas do Amazonas (Ifam), no bairro Centro, zona sul de Manaus.

Durante o encontro, a diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos, disse que o Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir de novas ideias. Espera-se com o programa a geração de 28 novas startups no Amazonas.

“Estamos na fase de sensibilização de parceiros. Os institutos de ensino, pesquisa e setor produtivo podem contribuir para que boas ideias sejam lançadas no âmbito do empreendedorismo e inovação tecnológica. Por isso, estamos iniciando a divulgação do Programa Centelha, que será lançado no dia 3 de junho”, disse.

Segundo a diretora-presidente da Rami, Olinda Marinho, o Programa é uma oportunidade para ampliar o conhecimento dos empreendedores do Amazonas em relação ao surgimento de ideias inovadoras.

“Uma iniciativa fantástica da Fapeam para esse momento, em que temos trabalhado a cultura empreendedora, divulgando muito isso nas universidades. A gente acredita que o Programa Centelha, com a orientação, programação e capacitação será um impulso para o cenário de empreendedorismo”, comentou.

Outras visitas serão realizadas em instituições de ensino e pesquisa e com atores envolvidos no ecossistema de inovação e empreendedorismo no estado.

Centelha – O Programa visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, bem como disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

FOTO: Érico Xavier/Fapeam