Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

FAS instala mais 39 pontos de telessaúde em Unidades de Conservação da Amazônia

A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) está instalando mais 39 pontos de telessaúde nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) de Anamã, Mamirauá, Uacari, Uatumã, Rio Negro, Puranga Conquista e Piranha, além da Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Negro, a Reserva Extrativista (Resex) Catuá-Ipixuna e em diversas comunidades do interior do Amazonas. A ação tem o apoio da Embaixada da França e do Todos Pela Saúde, iniciativa do Itaú Unibanco para combater a covid-19 e representa um grande avanço no atendimento básico de saúde.

O projeto beneficiará comunidades localizadas nos municípios de Coari, Tefé, Maraã, Uarini, Carauari, São Sebastião do Uatumã, Barreirinha, além da comunidade indígena Riozinho de Nhamundá. A gestão das áreas protegidas são de responsabilidade da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema).

De acordo com o gerente do Programa Floresta em Pé da FAS, Edvaldo Corrêa, as ações de instalação de pontos de telessaúde visam superar as dificuldades logísticas e de comunicação por meio da conexão com a internet. Com isso, os moradores podem ter atendimento médico, enfermagem especializada e psicanálise à distância, evitando o deslocamento para a cidade. A FAS instala as placas de energia solar nas comunidades, o sistema de internet e a estrutura ideal para oferecer o atendimento via telessaúde.

Além disso, um ponto de telessaúde também proporciona teleorientações e telecapacitações para os profissionais de saúde, principalmente os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), para adquirirem ou atualizarem conhecimentos.

Em Fonte Boa (a 602 quilômetros de Manaus), o presidente da Associação dos Moradores e Usuários da Reserva Mamirauá (AMURMAM), Raimundo Rodrigues, explica que o telessaúde vai ser de grande importância para as comunidades, uma vez que a reserva é de difícil acesso e sofre com a falta de médicos. “Nossa gratidão à Fundação Amazônia Sustentável e ao Todos Pela Saúde pelo apoio para trazer a melhoria e qualidade de vida para nossas famílias, juntamente com a prevenção do Covid-19”, agradeceu Raimundo.

Aliança Covid Amazonas

Para ajudar as populações mais vulneráveis a enfrentar este cenário, a FAS criou a “Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras da Amazônia para o Enfrentamento do Coronavírus”, articulada em parceria com 122 empresas, órgãos públicos e outras instituições. Diante da nova onda de proliferação do vírus, a Aliança segue promovendo ações estratégicas para reforçar o enfrentamento à Covid-19 no estado.

-publicidade-