As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

FCecon promove exposição ‘A mulher e o câncer de colo uterino’

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) apresentará a exposição “A mulher e o câncer de colo uterino” no dia 29 de junho, um sábado, das 8h às 12h, no Shopping Phelippe Daou, localizado na avenida Camapuã, bairro Jorge Teixeira, zona leste.

Composta por dez painéis com informações sobre o enfrentamento desse tipo de câncer, a exposição fará parte do projeto “Saúde nos Bairros”, promovido pela Rede Amazônica. O evento seria neste sábado (22/06), mas foi adiado em função do feriado prolongado.

Durante a ação, a equipe do Departamento de Prevenção e Controle do Câncer (DPCC) também distribuirá panfletos e levará informações à população sobre a importância do autoexame para a detecção do câncer de mama, do Papanicolau – exame preventivo do diagnóstico das lesões pré-cancerosas de colo uterino – e contra o tabagismo.

Ações de prevenção – Conforme o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gérson Mourão, a exposição é apenas uma das várias estratégias voltadas para conscientização da população promovidas pela unidade hospitalar. O médico especialista lembrou que a Fundação segue o calendário estabelecido pelo Instituto Nacional de Câncer (Inpa), órgão ligado ao Ministério da Saúde (MS), além das datas estabelecidas pelos organismos internacionais que atuam na luta contra o câncer.

Exposição – Conforme a coordenadora de Vigilância do Câncer do DPCC, Anasselis Veiga de Lima, a exposição faz parte das ações do Inca em comemoração ao Dia Internacional de Ação pela Saúde da Mulher – comemorado no dia 28 de maio. Ela explicou que os painéis disponibilizados abordam a história, a incidência, diagnóstico, prevenção e tratamento do câncer de colo uterino.

Segundo ela, a desinformação e as barreiras ao acesso ao serviço de saúde ainda são um grande obstáculo para o controle desse tipo de doença. Por isso, os painéis trabalham questões sobre a luta das mulheres contra o câncer de colo uterino.

“Infelizmente, o Amazonas ainda lidera o ranking, com a estimativa de cerca de 840 casos novos, uma taxa bruta de 40,97 a cada 100 mil mulheres”, lamentou.

A exposição traz à tona, explicou Anasselis Lima, reflexões sobre a evolução do câncer de colo uterino ao longo do tempo até hoje, e a doença como um problema de saúde pública que atinge, principalmente, mulheres que têm dificuldades de acesso aos serviços de saúde. Além disso, também mostra dados sobre quantas mulheres adoecem e morrem de câncer, e como a doença estava associada à imoralidade e a excessos sexuais, dentre outros.

você pode gostar também