A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), por meio do Serviço de Engenharia e Medicina do Trabalho (SESMT), irá realizar um ciclo de palestras voltadas para os servidores da unidade hospitalar. Serão abordados temas como “Depressão e o profissional de saúde no contexto oncológico”, e os programas de “Prevenção de Riscos Ambientais” e de “Controle Médico e Saúde Ocupacional”.

As palestras serão realizadas na sexta-feira (17/05), das 9h às 12h, no miniauditório, 3º andar do hospital, localizado na rua Francisco Orellana, n° 215, bairro D. Pedro, zona oeste. O evento tem como objetivo tratar sobre o papel do SESMT em um ambiente hospitalar na prevenção e promoção da saúde do servidor público.

Conforme a psicóloga do SESMT, Jéssica Maia, o papel do psicólogo na Fundação é cuidar da saúde de quem trata do paciente oncológico. Ela explicou que a palestra servirá para apresentar a equipe responsável por assistir ao servidor, além de desmistificar conceitos sobre depressão, doenças mentais e prevenção.

“Às vezes, o servidor não entende o que está acontecendo com ele. Pode acontecer de ter o quadro depressivo, mas não o reconhece. Pensa que é apenas tristeza, cansaço físico e/ou mental ou preguiça. Nesse sentido, é preciso que compreenda as diferenças para podermos tratá-lo”, ressaltou Jéssica Maia.

Conforme a especialista, a relação estabelecida entre o servidor e o paciente, o vínculo de cuidado, a identificação do servidor com o problema, podem contribuir para o desenvolvimento de um quadro depressivo. Ela frisou que isso ocorre devido à dificuldade de se estabelecer limites no vínculo entre o profissional e o paciente.

Saúde do servidor – De acordo com a enfermeira do trabalho, Lidiane Gonçalves, o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) é uma forma de monitorar a saúde dos trabalhadores através dos exames periódicos que serão solicitados dos mesmos.

“Os funcionários do SESMT entrarão em contato com os servidores de cada setor da Fundação para informar os horários e as datas dos exames. Iremos montar um calendário que será, posteriormente, informado a todos”, explicou a enfermeira.

FOTO: DIVULGAÇÃO/FCECON