Gerente executivo do CIN-AM - Marcelo Lima
Gerente executivo do CIN-AM – Marcelo Lima

O Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM) da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam) encerra, na próxima sexta-feira (13), o cadastro para as inscrições de projetos de financiamentos empresariais junto à Agência Brasileira de Promoção de Exportação (Apex), onde serão contemplados os setores de alimentos, bebidas, cosméticos, moda, móveis, madeira, metal mecânico e tecnologia da informação.

Coordenado pelo CIN-AM, o convênio disponibilizará R$ 10 milhões em recursos via Confederação Nacional das Indústrias (CNI) para ajudar empresas que apresentarem projetos voltados a atração de investimentos estrangeiros. As inscrições podem ser feitas com a equipe do CIN-AM pelos telefones (92) 3186-6511, (92) 3631-0899, email: [email protected] ou na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), na Avenida Joaquim Nabuco, 1919, Centro.

Segundo o gerente executivo do CIN-AM, Marcelo Lima, os empresários precisam apresentar projetos para que os recursos sejam aprovados. “Não existe um limite de recursos para cada Estado. Os valores serão aprovados à medida que os projetos forem autorizados. Cada Estado receberá de acordo com os projetos aprovados”, disse.

Os R$ 10,2 milhões serão aplicados em projetos de promoção comercial e atração de investimentos até o ano de 2016. A finalidade da iniciativa é a internacionalização das pequenas e médias empresas. “O objetivo é ajudar na promoção de ações conjuntas para a atração de investimentos estrangeiros. Nada mais é do que uma forma de apoiar as pequenas e médias empresas, desde aquelas que estão iniciando o processo de exportação até as que necessitam de acompanhamento”, destacou.

De acordo com informações da CNI, nos últimos dois anos, a parceria já beneficiou 800 empresas, ajudando a fechar negócios da ordem de US$ 73 milhões em todo o Brasil. Esse já é o quarto acordo do tipo entre CNI e Apex e a parceria iniciou no ano de 2008.

Histórico

A cooperação entre a CNI e a Agência começou em 2008. Desde lá foram assinados três convênios parecidos com o atual, quando foram abertas Unidades de Atendimento da Apex-Brasil nas federações das indústrias. “O novo acordo significa uma renovação da cooperação em prol a expansão da capacidade de atuação dos empresários. Melhorando a capacidade de exportação, através de projetos para inserção internacional. Um ótimo projeto para empresários locais”, frisou o gerente executivo do CIN-AM.

A Apex

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here