Amazonas Notícias

Fiocruz promove seminário em Manaus para integrar saúde e meio ambiente na Amazônia

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está organizando o “Seminário Saúde e Meio Ambiente na Amazônia – Integração para cenários futuros” nos dias 19 e 20 de fevereiro, no hotel Intercity Premium, localizado no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus. Este evento é a segunda etapa de uma série de debates focados no fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) na região amazônica, iniciados em Porto Velho (RO) em maio de 2023, e que terão sua conclusão em Belém (PA), em data ainda a ser definida.

O objetivo principal do seminário é estabelecer uma agenda de trabalho que aborde projetos estruturantes e integradores nas áreas de saúde e meio ambiente, enfrentando os desafios sanitários, de atenção à saúde, e de conservação ambiental na Amazônia. A iniciativa visa reforçar o protagonismo da região no contexto do SUS, além de promover o desenvolvimento da Ciência, da Tecnologia e da Inovação.

O evento conta com o apoio de várias instituições, incluindo o Ministério da Saúde, o Instituto Leônidas & Maria Deane (Fiocruz Amazônia), o Instituto Evandro Chagas, Fiocruz Rondônia, a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Pará (Cosems-PA), e a Universidade Federal do Pará (UFPA), além da participação das secretarias de Saúde do Amazonas.

A chefe de gabinete da presidência da Fiocruz e coordenadora de Estratégias de Integração Regional e Nacional, Zélia Profeta, destaca a importância do seminário como um movimento estratégico para fortalecer a ciência e o SUS na região, envolvendo uma ampla gama de atores estratégicos. A etapa de Manaus tem como meta definir projetos específicos para desenvolvimento na região e buscar financiamentos para sua execução.

Professores e diretores da UFPA e Fiocruz Amazônia expressam grandes expectativas para a continuidade dos trabalhos iniciados em Porto Velho, enfatizando a importância da saúde na inclusão e desenvolvimento da Amazônia brasileira. O evento é visto como uma oportunidade única para a construção coletiva de um Plano de Saúde para a Amazônia, reunindo propostas de diversos segmentos da área da Saúde Coletiva.

O seminário é considerado um marco importante para a melhoria da saúde das populações da Amazônia, demonstrando o comprometimento das instituições envolvidas em formar uma rede de colaboração em defesa da vida e do fortalecimento do SUS na região.

Relacioandos