Fiscais do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) realizaram, na última sexta-feira (09/11), operação para combater a presença de balsas clandestinas, ancoradouros ou congêneres na orla do rio Negro, no Centro, na região do porto Manaus Moderna. A ação durou todo o dia e contou com apoio de policiais do Batalhão de Policiamento Ambiental do Amazonas.

De acordo com a fiscal da Gerência de Fiscalização Ambiental (Gefa) do Ipaam, Sheila Maria Farias, durante a operação, foram fiscalizadas as estruturas dos flutuantes que funcionavam como terminal de apoio e ancoradouro. “Muitos destes terminais funcionavam sem licença, ou seja, clandestinamente. Com isso, foram feitas as fiscalizações e os que não possuíam licença junto ao órgão foram responsabilizados administrativamente”, disse.

Sheila informou também que ao todo foram seis empreendimentos multados, com um total de R$ 1, 1 milhão em multas. Os responsáveis pelos terminais de apoio foram notificados para se licenciarem junto ao órgão ambiental. “Essas notificações foram atendidas, pois os mesmos estavam operando sem que tivessem obtido licença do Ipaam”, informou.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/IPAAM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here